Sua respiração pode em breve oferecer pistas valiosas sobre a sua saúde. Em um novo estudo publicado na revista Gut, os pesquisadores desenvolveram uma tecnologia conhecida como análise nanoarray, que pode detectar pequenas mudanças no ar exalado - como as diferenças nos níveis de compostos emitidos pelas células. A respiração, analisada por este dispositivo, poderia fornecer pistas para o desenvolvimento do câncer de estômago, além de outros problemas estomacais e lesões.

Os investigadores esperam que este novo dispositivo de bafômetro possa ajudar no diagnóstico de câncer gástrico, bem como monitorar as pessoas que estão em maior risco de desenvolver a doença.

Publicidade
Publicidade

No estudo, os pesquisadores coletaram duas amostras de ar de 484 pessoas depois que elas se abstiveram de fumar por três horas, e comer por 12 horas. 99% dos participantes já tinham sido diagnosticados com câncer de estômago, mas ainda não tratados com quimioterapia ou radioterapia. Os investigadores testaram-nos simultaneamente com a técnica GCMS, que mede os compostos orgânicos voláteis (COV), e a análise nanoarray.

O GCMS descobriu que ambos os pacientes com câncer e pacientes saudáveis ​​tinham diferentes "impressões de hálito." Oito VOCs mostraram diferenças significativas em pacientes com câncer. Os níveis também diferem com base no estágio do câncer de cada paciente, o que permitiria aos cientistas melhor diagnosticá-los.

No ano passado, pesquisadores da Universidade do Colorado, desenvolveram um teste de bafômetro portátil que pode detectar o câncer de pulmão e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) à base de compostos orgânicos voláteis exalado dos pulmões.

Publicidade

Estas pequenas partículas são muitas vezes pequenas pistas e sinais de doenças, tornando a respiração um caminho fácil para direcionar para o diagnóstico.

Outros pesquisadores também desenvolveram um teste de respiração para o câncer de mama. Já outro estudo recente, realizado por Nico de Rooij e uma equipe de pesquisadores da SAMLAB na Suíça, descobriram que um novo dispositivo poderia distinguir a respiração de uma pessoa com câncer de cabeça e pescoço.

No advento do uso de smartphones para fins médicos, um bafômetro detector de câncer em seu aparelho pode, de fato, ser uma possibilidade no futuro, juntamente com exames de sangue e exames para outras doenças crônicas. Os pesquisadores estão atualmente trabalhando em um grande julgamento com milhares de pacientes em toda a Europa, para testar, ainda mais, o dispositivo no diagnóstico de câncer de estômago. #Medicina