Quantas pessoas você conhece que têm um cão de estimação e o trata como um verdadeiro filho? A interação entre donos e pets é algo visível para quem tem a oportunidade de viver e conviver com esses peludos. Um novo estudo garante que essa relação é semelhante ao que acontece entre mãe e filho.

A novidade foi publicada pela revista "Science" na última quinta-feira (16). De acordo com a pesquisa, quando o tutor e o cão se olham o processo hormonal que é desencadeado é muito semelhante ao que ocorre na relação materna. A descoberta foi feita pelo pesquisador da universidade japonesa Azabu, Miho Nagasawa, e sua equipe.

Uma simples troca de olhares entre o animal e a pessoa desencadeia a produção e liberação de um hormônio relacionado a conduta paternal e maternal e a padrões sexuais chamado de ocitocina.

Publicidade
Publicidade

Essa mesma substância produzida pelo corpo funciona como neurotransmissor no cérebro, participando ativamente do estabelecimento de vínculos sociais, do reconhecimento e até da relação de confiança existente entre humanos.

Como foi o estudo

Isso foi descoberto através de uma avaliação feita em diversos cachorros e seus donos. Ambos eram colocados dentro de um quarto e eram monitorados pelos cientistas por meia hora. Tudo era documentado.

Depois disso, os níveis de ocitocina eram aferidos. Para isso, era feita a coleta da urina das pessoas e dos #Cães que participaram da pesquisa. O resultado foi da elevação dos níveis desse hormônio em ambos, graça ao contato visual ocorrido.

Outro estudo confirma essa relação

Mais uma pesquisa foi feita e, dessa vez, o cão e seu tutor foram colocados em um quarto, mas pessoas estranhas também estavam nele.

Publicidade

Além disso, os pesquisadores passaram ocitocina nos focinhos dos cães.

Os pesquisadores observaram que os cães após receberem a ocitocina no nariz, passaram mais tempo olhando para seus tutores e isso fez com que os níveis de ocitocina das pessoas que receberam os olhares carinhosos também aumentassem após meia hora.

Algo semelhante já foi feito com lobos que foram criados por pessoas, mas o resultado não foi o mesmo. A interação e troca de olhares que desencadeiam esse processo foi comprovada apenas com cães de estimação. #Animais #Curiosidades