Na madrugada da sexta-feira, 3, para o sábado, 4, aconteceu o primeiro eclipse total da lua em 2015, e o terceiro em 1 ano. O fenômeno, que pôde ser observado na região oeste da América do Norte e também em algumas partes da Oceania e da Ásia, começou às 7h16. Às 8h58, pelo horário de Brasília, a Lua foi totalmente coberta pela sombra da Terra.

Durante os pouco mais de 4 minutos em que a Lua ficou encoberta, ela ganhou uma cor avermelhada, resultado da passagem dos raios solares pela atmosfera da Terra, dispersando uma luz vermelha e laranja, o que dá ao eclipse o apelido de "Lua de Sangue"

Alguns fatos fizeram com que o eclipse desse sábado fosse extremamente raro.

Publicidade
Publicidade

A Lua ficou encoberta somente por 4 minutos e 43 segundos, o segundo menor tempo já registrado, o menor do século XXI, por enquanto, o primeiro ocorreu em 1519. Além disso, esse foi o terceiro realizado em um ano, sendo o primeiro e o segundo em abril e setembro de 2014, respectivamente. No dia 28 de setembro deste ano, acontecerá o quarto, que vai completar a tétrade. Essa rara sequência só irá acontecer novamente daqui a 17 anos, em 2032.

O próximo eclipse vai ser visível no Brasil e em quase toda a América, África e Europa. A América do Sul poderá observá-lo completamente, desde a entrada até a saída da Lua na sombra da Terra. A melhor notícia é que dessa vez o horário será de fácil acompanhamento. Em abril do ano passado, na última vez que o eclipse foi visível no Brasil, o céu ficou encoberto em boa parte do território nacional e o fenômeno aconteceu entre 3h e 4h30 da manhã, o que dificultou o acompanhamento de muitas pessoas.

Publicidade

Dessa vez, a Lua vai começar a entrar na umbra, a parte mais escura da sombra da Terra, às 22h07, horário de Brasília. A partir das 23h11 ela já estará completamente encoberta, adquirindo o tom avermelhado característico. Durante pouco mais de uma hora, a Lua ficará encoberta e à 00h23 começará a sair da sombra, em um processo que irá até 1h27 da madrugada do dia 28. O fenômeno só irá terminar cerca de uma hora depois. Essa última fase, quando a Lua está saindo da parte mais clara da sombra, dificilmente é vista a olho nu. #Natureza #Curiosidades