No dia seguinte após o 'Congresso Mundial de Consciência do Autismo', comemorado no último dia 02, uma boa dica é falar sobre um aplicativo que pode ajudar as pessoas incluídas neste rol a ajudar em seu processo de inclusão social. O produto Tap to Talk é gratuito e roda nos sistemas operacionais do iPad e em dispositivos que rodam o Androide. Ainda que ele seja menos abrangente do que outros programas, o que foi feito propositadamente para dar às pessoas autistas ferramentas simples, de fácil e rápida aprendizagem.

Ele é um programa voltado inteiramente para estas pessoas. As versões pagas podem ser compradas para aumentar a capacidade do aplicativo.

Publicidade
Publicidade

Em qualquer loja de aplicativos você irá encontrar o produto, tanto em sua versão gratuita quanto em sua versão paga, estas versões são chamadas pelo nome "Tap to Talk Designer" e permitem que outras atividades sejam projetadas.

O produto trabalha com elementos do dia a dia das pessoas e sugere que o usuário vá para a escola, para o parque infantil, para o shopping, para o cinema, restaurante e praia. Uma vez nestes locais a pessoa pode passear, jogar, comer, beber, ir ao banheiro e viver emoções. O acompanhamento inicial do adulto consiste apenas em orientar como os menus que dirigem as atividades devem ser utilizados.

A única expertise exigida do autista é saber utilizar uma tela sensível ao toque, para o que ele pode usar o "toque tutor". O principal propósito é dar a uma criança não-verbal a possibilidade de ter uma voz.

Publicidade

O aplicativo transforma um telefone Androide ou qualquer tablet em um dispositivo de comunicação aumentativa e alternativa (AAC), área de estudo direcionada para desenvolver aplicativos para pessoas com necessidades especiais (autismo, síndrome de down, paralisia cerebral, entre outros e ainda com problemas de atraso de fala). Ao tocar na imagem o dispositivo fala. O aplicativo foi aplicado e ganhou selos de segurança e recomendações.

Para quem tem algum amigo, parente ou pessoa da família com crianças com necessidades especiais, recomenda-se que baixe a versão inicial e na sequência, depois que o aplicativo tenha se demonstrado como elemento de ajuda à criança, compre o projetista que permite criar ambientes e situações de aprendizagem. #Dicas