De acordo com o Internacional Journal of Obesity, pesquisadores da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, revelaram esta semana que algumas pessoas simplesmente não conseguem perder peso mesmo exercitando-se regularmente, por causa dos genes da obesidade em seu DNA.


Foram analisadas 84 mulheres, de diferentes medidas e pesos, de 30 à 65 anos, onde todas frequentaram academia durante 75 minutos por três vezes na semana.
Todas seguiram as dietas em que já estavam habituadas, porém, as mulheres com histórico de obesidade na família não conseguiram perder peso neste período. Pior que isso, elas adquiriram um quilo a mais.

As voluntárias que não possuíam os genes da obesidade, ou em menor carga no DNA, perderam peso e medidas. 

O estudo nos mostra a razão pela qual algumas pessoas praticam muito exercícios físicos e não percebem diferença no corpo e no peso. Ou então, pessoas que passam anos praticando musculação e não notam mudanças.
Antes que você comece a pensar que não existe solução para perder peso, não se preocupe com isso: a pesquisa aponta que as pessoas com genes da obesidade tendem a sentir mais fome após o treino, comendo mais e jogando todo o esforço no lixo. Esta é uma das hipóteses estudadas pelos pesquisadores. Portanto, com o controle correto da #Dieta é possível sim perder peso gradativamente.

Perca peso - apesar do DNA!

Nem tudo está perdido. Para perder peso com sucesso, mesmo sabendo que possui os genes da obesidade, basta aumentar a carga e o tempo dos exercícios. Se você pratica Pilates, passe a frequentar também as aulas de Zumba. Dessa forma, tente combinar outros exercícios com musculação, que ainda ajuda contra a flacidez.Aproveite para correr mais vezes na esteira ou na rua, ande de bicicleta e suba mais escadas.  

Não se esqueça de mantenher o cuidado com a dieta: não adianta fazer todo aquele esforço durante as aulas na academia, pra comer um mundo de guloseimas quando chegar em casa.
Procure dormir bem e beber muita água.

São os pequenos gestos do dia a dia que fazem diferença em uma rotina saudável para perda de peso! #Medicina