A planta Papaver Soniferum, popularmente conhecida como papoula, componente clássico e necessário na produção de um dos opióides mais conhecidos, a Morfina, medicamento muito utilizado para o alívio e controle da sensação dolorosa, foi isolada pela primeira vez em 1803 e comercializada oficialmente em 1827 pela Merck.

Esta droga pode causar síndrome da dependência, devido seus fatores analgésicos potencializados no sistema nervoso. Outro efeito colateral é a constipação, comum em pacientes de uso contínuo do medicamento.



Nos últimos anos pesquisadores tem tentando replicar o DNA da Papoula, de forma que consigam obter as propriedades analgésicas e eliminar o efeito viciante.

Publicidade
Publicidade

Nessa perspectiva, vários laboratórios se comprometeram em realizar testes, que envolvem biologia molecular, microbiologia, genética, bioengenharia, bioquímica, para encontrarem um meio de reproduzir sinteticamente as propriedades benéficas.

Isso é interessante pelas possibilidades farmacológicas que podem ser alcançadas, na segurança aos pacientes e também na redução de custos, além de, reduzir o contrabando desse medicamento, que é consumido de forma ilegal, tanto na fabricação caseira de outras drogas, como o crocodilo ou no desvio da papoula para produção da heroína e cocaína, drogas, extremamente viciantes e letais. Nos EUA a heroína é considerada uma droga comum, visto que, o acesso é mais fácil e barato quando comparados ao Brasil.

O bioengenheiro Vincent Martin e microbiologista John Dueber, da Universidade da Califórnia, publicaram recentemente na Nature, um meio de conversão simplificada do açúcar em álcool (elementos ativos dos medicamentos), que pode ser utilizado na fabricação de antibióticos e agentes anticancerígenos.

Publicidade

A técnica de conversão mais moderna descrita em literatura, por outros laboratórios, trabalha com cepas da bactéria E. coli, que é reproduzida em laboratório de forma controlada, para a produção tanto de analgésicos, antibióticos , quanto de medicamentos anti neoplásicos.

A presente pesquisa utiliza leveduras na conversão de açúcares em álcoois, uma evolução no modo, mecanismo de produção desses medicamentos que pode representar também menos efeitos colaterais e custos.

Caso o produto venha a ser comercializado, a produção da papoula em larga escala será proibida. O mercado de ópio será descentralizado e o cultivo provavelmente será associado a contrabando.

O abuso de Heroína é retratado no documentário da National Geographic, intitulado: Sob o efeito da heroína, que pode ser conferido no Youtube. #Inovação #Medicina #Comportamento