Palavras estranhas, termos científicos e números complicados. É difícil interpretar as informações nutricionais se você não é um médico da área. As fábricas dificultam o entendimento deixando as informações minúsculas e escondidas em embalagens coloridas. Muitas vezes, o apelo da embalagem bonita de supermercado acaba nos enganando, fazendo com que não demos tanta importância ao valores nutricionais.

Apesar da lei que assegura a rotulagem legível dos alimentos, imposta pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), muitas indústrias simplesmente ignoram as indicações e acabam complicando a vida de quem procura saber o que está ingerindo. Para você entender melhor: alimentos que contém até 0,2g de gordura trans são rotulados como “zero trans”.

Publicidade
Publicidade

É fundamental entender os rótulos dos alimentos para poder adaptar-se às calorias e nutrientes, sabendo exatamente o que está consumindo. Veja abaixo como entender a tabela nutricional.

Carboidratos

A maior fonte de energia para o organismo, quando consumido em excesso vira gordura corporal. As massas são ricas em carboidratos: pães brancos e integrais, tubérculos, mel, arroz e doces. Recomendação diária por pessoa: 300g.

Proteínas

Carnes, leites, ovos e alguns legumes contém proteínas para ajudar na construção e recuperação muscular. Recomendação diária por pessoa: 75g.

Gorduras

As gorduras poliinsaturadas, monoinsaturadas, saturadas e trans podem ser encontradas em alimentos de origem animal e vegetal. São necessárias para a formação de tecidos e hormônios. Recomendação diária por pessoa: 55g.

Fibra alimentar

Presente em muitos alimentos de origem vegetal: frutas, feijão e alimentos integrais.

Publicidade

As fibras ajudam no controle da glicemia e colesterol, além de promover o bom funcionamento intestinal. Recomendação diária por pessoa: 25g.

Sódio

Mineral muito importante para a saúde das funções celulares. Presente no sal comum utilizado na cozinha e em alimentos industrializados, deve ser consumido com cuidado. O consumo em excesso acarreta em problemas renais e pressão arterial. Recomendação diária por pessoa: 2.400mg. #Dicas #Dieta #Blasting News Brasil