A ruptura do ligamento cruzado anterior de joelho (LCA) é uma das lesões mais comuns entre os atletas, profissionais ou não. Dependendo da gravidade da entorse no joelho, o rompimento pode ser apenas parcial ou até mesmo envolver o menisco. A lesão envolve cirurgia de reconstrução ligamentar, mas, embora seja complexa, algumas #Dicas podem ajudar em uma boa recuperação. Confira cinco:

Confiança no profissional: A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) divulga na internet uma lista de profissionais aprovados e especialistas em lesões que envolvem o joelho. O currículo do médico é importante para gerar confiança em uma boa recuperação.

Publicidade
Publicidade

Ao mesmo tempo, é recomendável que se peça ao próprio médico dicas de fisioterapeutas para conduzir o processo fisioterápico pós-operatório.

Informação plena: Debater com o médico e entender perfeitamente a metodologia utilizada na cirurgia é fundamental para que se tenha conhecimento do que está sendo feito. Uma lesão de ligamento cruzado pode ser tratada por diferentes métodos cirúrgicos, e cada médico costuma ter a sua metodologia.

Manter a calma: No esporte profissional e amador, há inúmeros exemplos de atletas que passaram por essa cirurgia e voltaram a atuar em ótima forma. Portanto, manter a calma, tanto no momento da lesão como no pós-operatório, é importante para abreviar um saudável retorno. A musculatura da coxa ficará inibida e não responderá totalmente aos estímulos de contração em um primeiro momento.

Publicidade

Com o tempo de trabalho fisioterápico, a situação é revertida e volta à normalidade.

Água: Além do trabalho de fisioterapia, exercícios na piscina podem ser extremamente úteis para a recuperação. Converse com o fisioterapeuta e sugira!

Retorno com cautela: É absolutamente normal que o atleta seja dominado pela vontade de retornar imediatamente às quadras e aos gramados. Entretanto, cada modalidade apresenta a sua exigência de tempo de retorno, e isso, obviamente, precisa ser respeitado. Retorno antes do tempo e cargas exageradas de treinamento podem causar tendinite e outras dores no joelho operado e atrasar a plena recuperação do local lesionado. #Medicina