Um russo pode ser o primeiro homem a ter sua cabeça transplantada em um novo corpo. Valery Spiridonov se candidatou a essa façanha, no mínimo, tirada de um filme de ficção cientifica.

Segundo entrevista concedida a Sgência EFE, ele diz estar confiante no sucesso da cirurgia, e que vai ser um marco histórico na ciência mundial, já que tantas pessoas necessitam do sucesso da empreitada da operação para que tenha uma sobrevida digna e menos sofrida, pois, doenças como a dele não tem cura e o sofrimento é terrível.

O Neurocirurgião Italiano Sergio Canavero é o responsável pela enigmática operação, que terá ajuda de médicos chineses e apoio do governo da China.

Publicidade
Publicidade

Segundo Sergio Canavero, o projeto consumirá cerca de 10 milhões de dólares e contará com uma equipe formada de 150 médicos. O procedimento será demorado, segundo Canavaro, devido a complexidade da cirurgia.

Valery Spiridonov sofre de uma #Doença degenerativa rara chamada de Werdnig-Hoffmann, que atrofia todos os músculos do corpo, e tão logo seu coração não terá mais forças para bombear o sangue, o levando a morte.

Esta cirurgia esta sendo criticada pela maioria dos cientistas do mundo, que dizem ser impossível a pratica de tal procedimento, já que as fibras nervosas que ligam o corpo ao cérebro não se unem facilmente, o que compromete o funcionamento dos órgãos internos do corpo, levando o paciente a morte.

O doutor Canavero diz que resolveu o problema de ligamento das fibras nervosas com uma substância chamada polietilenoglicol, que unirá estas fibras com a medula espinhal.

Publicidade

Experiências com ratos foram realizadas e, segundo ele, se deram com sucesso.

O transplante de cabeça já foi cogitado nos anos 70, quando um cientista americano fez o transplante de cabeça de um macaco em outro corpo, mas o animal morreu nove dias depois, já que o ligamento das fibras nervosas com a medula espinhal não foi possível.

No entanto, tanto o paciente quanto o Neurocirurgião Sergio Canavaro estão otimistas pelo sucesso desta inacreditável façanha, que poderá mudar o rumo da ciência médica mundial, caso o procedimento obtenha sucesso.  #Medicina #Blasting News Brasil