Os espermatozoides são as células responsáveis por carregar a informação genética, que ao penetrar no óvulo, se une ao material genético deste e iniciam um complexo processo de divisão celular, que dará origem a um novo ser humano.O homem  é capaz de produzir bilhões deles ao longo da vida. Somente em uma única ejaculação, são expelidos cerca de 200 milhões de espermatozoides. O mais interessante é que, geralmente, somente um, dentre os milhares, irá conseguir penetrar o óvulo feminino e dará origem a outro ser vivo da mesma espécie.

Vamos a algumas características bem interessantes.

1 - Eles são células de formato estranho e muito inusitado

A estrutura do espermatozoide é formada pela cabeça e pela cauda.

Publicidade
Publicidade

A cabeça possui forma oval e a cauda tem uma aparência muito desproporcional, em alguns casos. De acordo com Craig Niederberg, chefe do departamento de urologia da universidade de Illinois, em Chicago, cerca de um terço deles possui um aspecto tido como normal. O cientista afirma que ainda se estuda se há uma relação direta entre a sua estrutura, às vezes, irregular e a sua mobilidade e eficiência.

2 - Os espermatozoides de outras espécies animais possuem características mais estranhas ainda

Os espermatozoides dos besouros, por exemplo, possuem  o hábito de nadarem aos pares. Para que haja a fecundação, cerca de 100 células destas, conseguem penetrar o óvulo. No caso das toupeiras, apenas uma pequena porcentagem, de cerca de 0,1%, consegue ter a habilidade de nadar.

3 - Um cientista holandês descobriu a existência dos espermatozoides

 Em 1677, Antony van Leeuwenhoek detectou a presença deles, ao examinar amostras do próprio esperma dele no microscópio.

Publicidade

4- O seu processo de fertilização ainda não fora descoberto

Até o ano de 1879, o processo de fertilização por meio dos espermatozoides ainda não havia sido descrito. Muito antes, pensava-se que os seres humanos já existiam, em pequenas miniaturas, pré-fabricadas e que se localizavam no interior dos óvulos e do esperma masculino.  A descoberta foi feita pelo cientista holandês Leeuwenhoek no ano citado acima.

5 - Eles são auxiliados por hormônios femininos no processo de fertilização humana

Uma das características destas células é a sua grande mobilidade. Entretanto, na hora de fertilizar o óvulo, a progesterona, que é um dos hormônios femininos, ajuda a aumentar o movimento de suas caudas e assim, acelerar a sua entrada para dentro do óvulo.

6 - A quantidade de espermatozoides no ser humano sofre influência da alimentação  

Os estudos verificaram que a quantidade e a qualidade da #Dieta influenciam no tipo de espermatozoide que está presente no sêmen humano. O uso de um ácido graxo, uma gordura especial, o ômega 3, influencia, de modo positivo para a formação de bons espermatozoides.

Publicidade

Ele é encontrada, especialmente, em alguns peixes. Um estudo feito no Laboratório Laurence Berkeley, nos  Estados Unidos, mostrou que, uma suplementação adequada de antioxidantes contribui para a formação de espermatozoides com menos defeitos estruturais.

7 - Homens tidos como " super machos " tem melhores espermatozoides.

É apenas mito. Homens com voz mais grossa e corpos mais musculosos, não possuem melhore células.  A voz grossa e o tipo super machão, tem apenas a ver com a quantidade de testosterona masculina. Isto não influencia a qualidade dos espermatozoides, segundo pesquisa da revista PLos one.  #Medicina #Comportamento