Para muitas pessoas, é um sacrifício acordar de manhã e muitas vezes apertam o botão “mais 5 minutos” do despertador para ter mais 5 minutinhos de sono, e acaba perdendo a hora.

Mas isso para algumas pessoas como Beth Goodier acontece corriqueiramente, o excesso de sono já foi confundido por sua mãe e familiares como preguiça. A garota desde a adolescência sempre ao chegar da escola se jogava no sofá e adormecia por horas.

Apelidada de A Bela Adormecida, se tornou um incômodo para sua família por começarem a suspeitar de que tanta preguiça poderia ser algo mais grave. Os familiares chegaram a conclusão que 22 horas que ela passava dormindo não era normal.

Publicidade
Publicidade

Beth Goodier não ganhou esse apelido apenas por dormir as 22 horas por dia, ela também é dona de uma #Beleza estonteante. Sendo assim, poderia ter uma carreira promissora como modelo.

Devido ao excesso de sono, ela não conseguia mais fazer as coisas como normalmente faria, já não conseguia mais prestar atenção nas aulas, não saia com os amigos, não fazia nada que uma adolescente faria. Assim seguiu por vários meses, deixando seus familiares cada vez mais preocupados.

Sua mãe então resolveu levá-la em um médico e o diagnóstico deixou a todos mais preocupados ainda, pois se tratava de uma doença raríssima. No mundo todo, somente 1000 pessoas foram diagnosticadas com essa doença.

Saiba um pouco mais sobre essa doença tão rara

Essa doença é a síndrome de Kleine Levin, de origem desconhecida afeta parte do sistema nervoso. Beth por exemplo, age como se tivesse 5 anos de idade e não consegue ter nenhum controle sobre a doença, ou seja sobre o sono.

Publicidade

Atacando na mudança de #Comportamento e repentinos surtos de sono, não sobra tempo para outras atividades a não ser necessidades físicas e fisiológicas. Os portadores dessa síndrome após longas horas de sono, ainda sofrem com os efeitos colaterais, como desorientação espacial além de sentir total apatia por todos.

A síndrome de Kleine Levin ataca também outros sentidos, elas têm a visão embaçada e são sensíveis a luminosidade mesmo em baixa intensidade. Um sintoma muito conhecido dessa doença e o aumento da fome, outro sintoma da doença é a depressão mais comum em mulheres. #Curiosidades