A carboxiterapia é um #Tratamento muito popular entre as famosas. A prática é conhecida por sua eficácia na eliminação de celulite, flacidez e gordura localizada. É aplicada uma injeção de gás carbônico na região desejada, para ajudar a circulação e o trânsito de oxigênio nos tecidos. Dessa forma, a pele produz mais colágeno e fabrica mais fibras elásticas. O procedimento pode ser feito para diminuição de estrias, e também no tratamento das olheiras. Apesar de ser um método não-cirúrgico, a carboxiterapia pode causar desconforto e ardência após a aplicação, por isso, é indicado saber sobre todos os efeitos colaterais e contraindicações antes de fazer.

Publicidade
Publicidade

Como é aplicada?

Uma agulha é utilizada para cada paciente. O gás carbônico é aplicado sob a pele, nas regiões mais afetadas pela celulite, estrias ou olheiras. Após a aplicação, é feita uma massagem com as mãos para ajudar o gás a se espalhar. As sessões são realizadas até três vezes por semana, tendo mais ou menos 30 minutos de duração cada.

Carboxiterapia emagrece?

O gás carbônico ajuda a promover a combustão de gordura, deixando a pele mais lisa e melhorando a circulação sanguínea. Dessa forma, é possível notar certa melhora no inchaço corporal e diminuição da gordura localizada.

Carboxiterapia acaba com a celulite?

Considerando que a celulite é um problema de circulação, é possível que a carboxiterapia se mostre muito eficaz no combate ao problema. Porém, é importante manter uma rotina de massagens na região das coxas e glúteos, aliada à exercícios e dieta.

Publicidade

Em poucos dias pode-se notar a mudança na região aplicada.

Efeitos colaterais

Cada pessoa é diferente: alergias, metabolismos e intolerâncias dermatológicas. Algumas pessoas relatam rejeição e dor intensa após a aplicação do gás carbônico. Ao marcar sua primeira consulta com o esteticista, tenha em mente a importância de passar com um dermatologista antes. Dessa forma, é possível saber se você deve ou não aplicar a substância. Quando aplicado incorretamente, o produto pode causar embolia pulmonar. Além dos perigos após a aplicação, a dor é um ponto importante a ser observado: costuma ser intensa, causando ardência e formigamento. Caso a dor esteja exageradamente forte, peça para o profissional interromper o procedimento.

Contraindicações

O tratamento não é indicado para grávidas, pessoas com problemas cardíacos, doenças pulmonares, câncer, pessoas obesas, com alergias ou doenças de pele.

  #Beleza #Medicina