Diversos alimentos são conhecidos por serem incluídos com frequência em dietas. A barrinha de cereal é um clássico. Quem nunca a usou ou conhece alguém que a usa constantemente como opção de lanche quando se quer emagrecer? Mas muitos desses alimentos "práticos" e "light" na verdade não trazem benefício à saúde - muito pelo contrário.

Veja abaixo oito alimentos que enganam a sua dieta, que você provavelmente ingere pensando que eles ajudam a chegar em seu objetivo de um corpo mais enxuto e com mais saúde.

Refrigerante light: Você adora refrigerante, então substitui o tradicional pelo light para ficar com a consciência tranquila? Pense duas vezes antes de ingeri-lo! O refrigerante light, na verdade, não tem valor nutricional relevante e ainda rouba o cálcio de nosso organismo.

Publicidade
Publicidade

Isso acontece por causa de seu alto teor de fósforo.

Suco de caixinha: Já conseguiu se livrar do refrigerante, mas fica com a ideia de que os sucos de caixinha são mais saudáveis? Você já deve imaginar, mas os sucos de caixinhas não são equivalentes aos sucos feitos com a fruta real. Eles também são ricos em açúcar e conservantes para que não estraguem logo, como aconteceria com um suco natural caso fosse posto nas prateleiras do supermercado.

Sopa light industrializada: Sim, essas sopas realmente contém poucas calorias. Mas elas não são recomendadas para nenhuma #Dieta porque são ricas em sódio. Para completar, elas não têm valores nutricionistas relevantes para o nosso corpo.

Chá de sachê: Quem nunca tomou várias xícaras de chá verde durante a dieta? Os chás em sachê e em pó são práticos, mas não são tão potentes quanto os chás feitos de ervas.

Publicidade

As plantas têm mais nutrientes e ainda têm a vantagem de não conterem conservantes.

Biscoito: Mesmo os biscoitos de água e sal em versão integral podem ter muito sódio e gordura. O Club Social, por exemplo, dá para sentir a cada mordida que tem gordura, não é?

Legumes em conserva: Como a maioria das coisas guardadas de maneira não natural, os legumes em conserva perdem muito do valor nutritivo e são ricos em sódio. 

Legumes cortados: Eles são sinônimo de praticidade, mas os legumes que são vendidos cortados perdem um pouco dos nutrientes. Não é grande coisa, mas sempre que possível opte pelos legumes frescos. Sem contar que eles também são mais econômicos!

Barrinha de cereal: O que não faltam são opções de barras de cereal no supermercado. Algumas delas são cheias de fibras e de fato deixam a absorção de glicose mais lenta, mas também há opções muito calóricas. Como tirar a dúvida? Veja o rótulo de cada uma, com atenção para a quantidade de sal e gordura. #Alimentação Saudável