Os jovens ficam mais bem humorados ao praticarem exercícios de intensidade alta. Para isso acontecer, não tem que ficar exausto. Esse é o resultado de uma pesquisa feita pela Unifesp (#universidade Federal de São Paulo), que foi mostrado na reunião que acontece todos os anos da FeSBE (Federação de Sociedades de Biologia Experimental), que aconteceu em São Paulo no mês de setembro.

O responsável pela pesquisa, Rafael Chagas (educador físico), disse que muitas pesquisas feitas antes, sobre o embate, que a alta energia nos exercícios causavam ou não o bom humor só tinham resultados vagos. Sabe-se que exercício de intensidade alta deixavam pessoas com o humor ruim.

Publicidade
Publicidade

Rafael mudou o foco de seus estudos, e as pessoas fariam exercícios em uma intensidade alta, porém não iriam ficar exaustos.

Foram escolhidos 30 jovens saudáveis, com no máximo 22 anos. Foram feitos 3 grupos, com 10 pessoas cada. O grupo 1 fez exercícios de forma moderada, que muitas pessoas dizem estar ligada a o progresso do bom humor. O grupo 2 treinou de forma intensa e ficaram exaustos. O grupo 3 fez exercícios teve um cronograma parecido com o grupo 2, porém houve pausas e assim os jovens não chegaram a exaustão.

Resultados

Houve uma série de perguntas, que foram feitas antes e após a conclusão do experimento. O entendimento definitivo é que, no grupo dois, foi sentida uma alteração do humor, para pior. Já o grupo três, que fez exercícios em intensidade alta, porém com intervalos, notou-se uma melhora significativa no humor.

Publicidade

“Os exercícios tem como principal foco o cansaço (exaustão). Com isso, nós fomos contra os livros e outras divulgações que existem atualmente, pois quase todos falam que o exercício quando feito nessa intensidade, deixa a pessoa de mal humor. O nosso estudo provou, que se for feito em alta intensidade, porém com intervalos e assim não levando o praticante ao cansaço, isso tem o efeito contrário, pois a pessoa fica de bom humor”, falou Chagas.

Gustavo Maglioca (médico), não fez parte da equipe na pesquisa. Ele frisa que os exercícios intensos podem deixar a pessoa mais calma, mas para isso é necessário que haja pausas. "Toda sessão de treinamento pode ser intensa, porém não durante todos os dias, já que nosso organismo precisa de uma pausa para se recuperar", comentou Maglioca. #Curiosidades