A dieta do Mediterrâneo tem se revelado ao longo das gerações como uma fonte de saúde e longevidade para as pessoas. A famosa salada grega e seus típicos ingredientes que dão água na boca também não fica atrás. Em qualquer lugar do mundo em que a pessoa se encontra, há uma versão modificada ou adaptada da típica salada grega, o que é muito bom para todos os amantes de um saboroso alimento. 

Por exemplo, a colônia grega nos EUA é bem grande, influenciando assim a #Culinária local, tanto que quando alguém pede a salada grega na América do Norte, os pratos vêm com uma variedade de ingredientes já incorporados da região, diferindo do prato original da Grécia, mas a sua essência continua sendo a mesma.

Publicidade
Publicidade

Enfim, os norte-americanos preferem que as suas saladas gregas tenham acompanhamento de molhos cremosos provenientes do leite ou iogurte. Vale frisar que os molhos são variados em função dos diferentes tipos de saladas com as quais farão combinações e aguçarão o paladar das pessoas. 

A salada grega sempre virá acompanhada dos seus ingredientes mais conhecidos que são: pepino, um fatia grossa de queijo de cabra extremamente saboroso chamado de feta cobrindo o prato, tomates, pimentões e cebola. O azeite grego, que é um dos melhores do mundo, é literalmente “despejado” em generosas porções sobre os legumes se misturando as ervas frescas ou secas, tal como o orégano, que foi polvilhado sobre o prato um pouco antes. 

Outras pessoas gostam de acrescentar sal marinho a gosto, conferindo uma nova dimensão ao sabor da salada.

Publicidade

Muitos chefs, ainda adicionam vinagre no tempero da salada. O nome mais comum conferido a esse tipo de salada é salada horiatiki – que tem este nome em função dos vilarejos na Grécia, cuja tradução é “x(h)orió”, daí a salada ser chamada de horiatiki ou salada do campo. 

Os gregos geralmente consomem pouco alface nas suas saladas, diferente dos brasileiros e norte-americanos, isso porque, na Grécia, é bastante raro encontrar alface em abundância, que precisa de temperaturas mais amenas e uma grande quantidade de água, o que normalmente não é o que acontece no solo e clima grego. 

Os gregos se tornam especialistas em preparar também um vinagrete tradicional feito de azeite de oliva, limão e vinagre, ingredientes estes que se incorporam a essência da salada. Normalmente, azeite e limão são aspergidos sobre os vegetais, legumes e até carnes. O frango e o cordeiro no espeto (este último chamado de soublaki) são marinados com uma mistura de suco de limão, azeite, alho, outras ervas e especiarias. É simplesmente impossível não gostar de todas estas especiarias e guloseimas tão saborosas. #Comportamento #Alimentação Saudável