Uma excelente notícia para o combate à epidemia da #Dengue foi divulgada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), está autorizada a utilização da primeira vacina contra a dengue, a vacina “Dengvaxia” poderá ser utilizada a partir de agora nos postos de saúde brasileiros.

A vacina “Dengvaxia” já estava sendo utilizada em outros países como nas Filipinas e no México, de acordo com nota divulgada pela companhia francesa Sanofi Pasteur, responsável pelo desenvolvimento da vacina com sede em Lyon.

A partir de agora, indivíduos que habitarem regiões consideradas endêmicas poderão receber a vacina: pessoas que estejam na faixa etária de 9 a 45 anos.

Publicidade
Publicidade

A vacina visa a prevenção dos quatros tipos de vírus da dengue.

De acordo com os testes realizados em mais de duas décadas de estudo, a eficácia da vacina foi testada em mais de 40 mil participantes espalhados por mais de 15 países. Seu resultado foi de 66% contra os quatros tipos de dengue, no caso de hospitalizações a eficácia foi de 93% dos casos mais severos, incluindo aos casos de dengue hemorrágica.

As pesquisas também foram feitas no Brasil, sendo que a fase de testes foi encerrada em 2014 com saldo extremamente positivo no que diz respeito a eficácia da vacina no combate ao terrível vírus da dengue. De acordo com dados divulgados pela OMS (Organização Mundial da Saúde), a dengue infecta por ano 400 milhões de pessoas espalhadas por 128 países.

Além dos casos de mortes que já foram registrados pela doença, o tratamento dos infectados custa muito caro aos cofres do governo federal, que gasta anualmente com hospitalizações em ambulatórios a quantia de US$ 1,2 bilhão em média, o custo por paciente é de US$ 173.

Publicidade

Essa é uma importante notícia nos avanços do combate à doença que não está aterrorizando somente o Brasil, mas o mundo, porém os sanitaristas ainda alertam que a principal prevenção da doença é não deixar que o mosquito se prolifere, seguindo à risca os procedimentos de prevenção, não deixando água parada em objetos e tampando caixas d’água. #Organização Mundial de Saúde #sistema de saúde