Será que existe alguma relação significativa e, principalmente, científica entre a digestão das pessoas com a posição que elas adotam quando dormem ou vão tirar um cochilo? Parece que sim, mas poucas pessoas sabem disso e muito menos como funciona esse processo fisiológico. Antigamente nos países asiáticos, os monges eram habituados a deitar-se após cada uma das refeições, nem que fosse somente por dez minutos, o que era útil para processar de forma muito mais leve todo o ciclo da digestão dos alimentos consumidos. 

Desse modo não é uma simples coincidência que as tradições remotas da medicina oriental (ayurvédica), assim como as práticas indianas aconselham que as pessoas vão dormir e que se deitem sobre o lado esquerdo. Mas de fato, qual é a real razão para esse conselho que acaba funcionando como uma precaução, o que há de benefício concreto para as pessoas que se deitam sobre o lado esquerdo dos seus corpos?  

Não há nenhum mistério na sugestão em questão, antes, o sistema linfático humano se apóia no lado esquerdo do corpo, significando que órgãos como o estômago, o fígado, o pâncreas e também a bexiga sejam capazes de eliminar os produtos chamados de residuais e drená-los para o lado do processo digestivo, produzindo paralelamente as preciosas enzimas que o organismo carece e elimina os “ácidos gordos” sem a pressão. 

A conclusão de tudo isso é bem simples e significa que para se finalizar a digestão, não se necessita de três horas ou mais; porém, somente de cerca de 15 minutos, período esse que depois da maioria das pessoas estarem deitadas no lado esquerdo, afirmam categoricamente que se sentem muito melhores

Através dessa prática bastante simples, o organismo do ser humano captura o total de energia proveniente da digestão da qual ele necessita, digerindo de modo saudável.

Publicidade
Publicidade

O contrário disso implica que as pessoas sintam-se mais “pesadas”, uma vez que a digestão implica como todo processo metabólico em consumo de energia. 

Fica estabelecido, porém, que a explicação fornecida anteriormente não valida que o indivíduo possa comer qualquer coisa sem regra alguma, ou seja, quando não se toma cuidado com as gorduras, frituras e molhos gordurosos em geral, esse processo da boa digestão atrelada ao se deitar do lado esquerdo do corpo já não funciona como deveria. 

O senso crítico e o comportamento moderado são fatores sempre necessários, mas com o “truque” de se permanecer deitado do lado esquerdo, há a chance de proporcionar a pessoa mais conforto em geral e saúde a longo prazo. #Curiosidades #Doença #Alimentação Saudável