Nos últimos anos, um assunto vem ganhando força na sociedade e principalmente nos veículos de comunicação. Trata-se do Aedes aegypti, um mosquito minúsculo e perigoso, transmissor de graves doenças. É comum profissionais de imprensa abordar o assunto com uma única e repetitiva pergunta: Por que não se consegue acabar com o mosquito no Brasil? 

Se a sociedade enxergar o óbvio, com certeza, haverá dezenas de respostas. As pessoas precisam se libertar da irresponsabilidade que as impedem de contribuir com deveres e participações sensatas no convívio social. Estas pessoas precisam praticar com responsabilidade as suas próprias obrigações, e defender com carinho seu direito de vida e permanência na sociedade.

Publicidade
Publicidade

Antes de culparem seus vizinhos e os órgãos públicos, excluam do seu dia toda essa #Doença degenerativa, a preguiçosa falta de bom senso compartilhado. Aprenda e entenda a necessidade de se relacionar com fatos, e libertar-se desse mundo fantasioso e egoísta, que distancia a humanidade de um grandioso desenvolvimento social, abastecido de conteúdo.

Se a sociedade continuar presa a ignorância, é possível afirmar, com todas as letras, que nesse jogo de mosquito x homem, o inseto estará sempre ganhando de goleada.

Conheçam os perigos e transtornos causados pelo Aedes Aegypti

O que é #Dengue? Doença febril aguda cujo vírus transmissor contém quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3, e DEN-4. Infectado por um deles da proteção permanente para o mesmo sorotipo, e imunidade parcial contra os outros três.

Publicidade

Febre Chikungunya: Doença infecciosa febril transmitida também pelo mosquito Aedes albopictus causada pelo vírus (CHIKV).

Zika vírus: doença viral aguda, hiperemia conjuntival, artralgia, mialgia e dor de cabeça, sendo este vírus responsabilizado pelo nascimento de bebes com microcefalia. Isso ocorre quando uma gestante é infectada pelo Zika vírus, trazendo consequências na formação do bebê em desenvolvimento no útero da mãe.

Microcefalia: Condição neurológica onde a cabeça e o cérebro ficam menor, diagnosticado no início da vida, mostra que o cérebro não cresceu durante a gestação, e as consequências de uma cabeça menor pode ser o retardo mental (Sem cura).

É preciso conscientização e determinação de toda a sociedade para o combate ao mosquito, é necessário deixar claro a sociedade que a obrigação de combate ao Aedes aegypti é uma tarefa conjunta dos órgãos públicos com a população.

Precauções e medidas de combate ao mosquito: não deixar água parada em pneus e na laje de sua residência, não deixar água em vasilhas ou vasos de plantas, piscinas sem uso devem ser desativadas, piscinas em uso devem ser tratadas constantemente, evitar exposição de vasilhames em condições de armazenarem água, além de manter a caixa d’água bem fechada.

Publicidade

Tão importante como estas práticas de prevenção, é o desejo de fazer as coisas certas. Se a sociedade não despertar em si o interesse de praticar deveres e obrigações, será inevitável ver um inseto com menos de um centímetro vitorioso, seguindo a ordem natural da natureza, fortalecido e perpetuando a sobrevivência da espécie.

Se você está com medo do minúsculo mosquito, então o mate! Ou eles continuarão em seu ciclo multiplicador, causando danos a saúde humana e eternamente ativos com sua cumplicidade. #Opinião