Quem nunca ouviu falar do gargarejo com água e sal enquanto receita infalível (em alguns casos) no quesito dor de garganta? A ideia intuitiva desse simples remédio vem de suas propriedades anti-inflamatória e antibiótica. Para se ter uma ideia, segundo o livro Microbiologia, de Thomas Brock, os seres humanos possuem cerca de 1 kg de micróbios, são cerca de 10^15 células microbianas contra 10^14 células humanas, e a maioria delas estão presentes na nossa cavidade oral, a boca. Por isso devemos estar atentos à uma serie de precauções relacionadas com a saúde bucal.

A ideia do uso da água quente com sal parte de dois princípios.

Publicidade
Publicidade

O primeiro deles está relacionado à água quente ou morna, que gera um aumento da circulação sanguínea na área amenizando a inflamação. A outra vem do sal, que possui propriedades antibacterianas em determinadas concentrações, pois em contato com ele, as bactérias pedem água por osmose e morrem. Nos casos onde se usam solução com vinagre, a acidez exerce um efeito inibidor da proliferação das bactérias. Nos casos onde as infecções são causadas por vírus, dificilmente melhoram com esses procedimentos.

As dores de garganta são causadas por inflamações na região da faringe, podendo ser de natureza viral, bacteriana ou por lesões físicas. Dentre as causas mais comuns de infecções virais na faringe estão: gripe, faringite, laringite e mononucleose. Dentre as causas de infecções bacterianas, podemos citar a amigdalite e também a faringite, já que a terminação -ite significa, na terminologia médica, um tipo de inflamação, que nesse caso pode vir de ambas as origens (viral e bacteriana).

Publicidade

A diferença dessa é que apresentam os famosos pus e/ou aftaspodendo vir acompanhado de uma adenoidite no caso da amigdalite.

Vale ressaltar que esses métodos são para sintomas de curtos períodos e com pouca gravidade. Se essa dor de garganta persistir e se ainda sente muito incômodo, procure um médico que verifique o que está acontecendo com a sua garganta e tome corretamente os medicamentos adequados, principalmente os antibióticos. #Dicas #Curiosidades #Doença