O vírus suspeito de causar a microcefalia, o vírus zika, ele deve muito em breve todo continente americano com exceção de dois países, Chile e Canadá, de acordo com comunicado da Organização Mundial de Saúde nesta segunda-feira, 25.

Atualmente o #Zika Vírus já tem infectados em 21 de um total de 55 entre nações e territórios em todas as Américas, ainda de acordo com comunicado da Organização Mundial de Saúde o Aedes Aegypti está presente em todos os países do continente americano. O Aedes Aegypti transmite além do vírus zica ele transmite outras doenças que veem se alastrando pelo mundo como a dengue e a febre chikungunya, apenas o Chile e Canadá não consta presença do mosquito.

Publicidade
Publicidade

Com base nesses números a agência da Organização das Nações Unidas prevê que no contexto atual o vírus zika fará uma escala global e estará presente em todas as nações e territórios onde tiver a presença de seu agente transmissor, o mosquito Aedes Aegypti.

De acordo com o a Organização Mundial de Saúde a população do continente americano nunca ficou exposta ao vírus em sua história pregressa antes da copa do mundo do Brasil, período em que surgiu os primeiros casos na América, e por não ter tido esse contato anteriormente todos os cidadãos não tem imunidade em relação ao vírus, fator que facilita que ele se propague em uma escala maior e de forma mais rápida, fazendo assim um maior número de contágios em menor espaço de tempo.

De acordo com Margaret Chan que é diretora do comitê executivo da OMS disse na abertura de uma reunião em Genebra: “ o vírus zika vem com uma propagação explosiva e massiva nas novas regiões a qual vem chegando, devido à ausência de imunidade da população, e isso causa enorme preocupação, principalmente o fato de estar vinculado a infecções durante a gestação e causar microcefalia nos recém nacidos”.

Publicidade

Margaret também frisou que ainda não está comprovado a ligação entre a infecção da gestante pelo vírus zika e a microcefalia nos recém-nascidos, apesar que os indícios são preocupantes e possivelmente revelara a correlação”

A Organização Mundial de Saúde alerta que é certa a transmissão do vírus zika pelo mosquito Aedes Aegypti, a agência ainda estuda se existe outras vias de transmissão. #ONU