O laboratório Biofarmacêutico Bharat Biotech, situado na Índia, está desenvolvendo há mais de um ano uma vacina contra o #Zika Vírus. Com o avanço da doença entrando na fase de epidemia e o perigo da proliferação de mais casos de microcefalia em bebês, torna-se urgente a fabricação da vacina. Mas, primeiro passará por testes em animais e depois em humanos. O processo todo levará anos até ficar disponível para utilização. Segundo matéria publicada na Super Interessante, o laboratório está desenvolvendo dois tipos de vacinas, uma usa o DNA do vírus ativo, para estimular o sistema imunológico e a outra vacina, usa o vírus inativo, que mesmo assim, consegue estimular a resposta imunológica.

Publicidade
Publicidade

A preocupação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que o vírus se espalhe por todos os países e atinja o status de epidemia mundial. Como medida preventiva elaborou um plano estratégico internacional para impedir o avanço dos casos de microcefalia. As orientações são destinadas aos profissionais de saúde e principalmente às mulheres grávidas que estão ou irão para localidades onde o foco do vírus foi encontrado. De acordo com o Jornal Nacional (JN), "A OMS prometeu criar até 30 centros de monitoramento em diferentes países para identificar o avanço da microcefalia".

A Ásia e a África são os continentes que têm as mais altas taxas de natalidade do mundo e apresentam em seu território o mosquito transmissor - Aedes Aegypti - o que coloca a Organização Mundial da Saúde em estado de alerta.

Publicidade

No Brasil, segundo dados estatísticos oficiais do Portal da Saúde, o número de imóveis brasileiros visitados pelos Agentes de Saúde e Militares das Forças Armadas para combater o mosquito transmissor, já ultrapassou a marca dos 30%. Os moradores receberam orientações de como proceder para evitar focos das larvas do mosquito.

Para gerenciar e monitorar as ações de prevenção e combate ao Aedes, o Governo Federal criou a Sala Nacional de Coordenação e Controle do Aedes Aegypti. A Sala integra o Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia. #Organização Mundial de Saúde