Estudo realizado na universidade de Coimbra e Nova de Lisboa afirmou que nos últimos anos houve um aumento significativo de suicídios entre homens e mulheres, com idade de 30 a 64 anos.

O ministério público confirma que uma vida é tirada a cada hora no Brasil, por suicídio e já é um grande problema da saúde pública. 

As causas são diversas; social, perdas afetivas, a chegada da idade, doenças mentais, mas também afeta o grupo de solteiros, viúvos e idosos devido a tendência ao isolamento social, os jovens que perderam o emprego também podem ser afetados.

A causa que mais prevalece é a crise financeira. Em estudo pessoas com pensamentos suicidas ou que cometeram suicídios, uma grande parte perderam o emprego ou tem baixa renda familiar.

Publicidade
Publicidade

 

As doenças mentais 

O suicídio é cometido quando a pessoa está com alguma #Doença mental, a mais provável é a depressão.

Segundo a organização mundial de saúde 121 milhões de pessoas sofrem de depressão e 15% dessas pessoas cometem suicídios. Ele é uma complicação da depressão, mas nem todo depressivo tem pensamento suicida.

Outros transtornos mentais como: Bipolar, dependência de álcool, de drogas psicoativas e esquizofrenia  também são importantes fatores de risco.

Para evitar que suicídios não aconteçam é necessários tratar as doenças mentais, especialmente, a depressão. 

É importante que familiares e amigos estejam atentos a mudanças do comportamentos de pessoa próxima sem motivo aparente.

O comportamento de possíveis suicidas

Isolamento social, perda do prazer pela vida, despedidas da família e amigos sem viagem programada, tristeza profunda sem perspectiva de futuro, apática, mudanças na rotina como: faltar na escola ou no trabalho sem motivos aparentes.

Publicidade

A ajuda

Centros de ajuda especializada, oferecem tratamentos para pessoas com transtornos mentais e pensamentos suicidas. Eles são encontrados em todo território nacional.

Cada um com sua ajuda diferenciada: O CDM, CAPS, e Grace,  a ajuda é feita pessoalmente. 

O CVV (centro de valorização á vida) oferece ajuda á distância: via chat, internet, telefone, skype e e-mail

Este centro é importante para as pessoas que tenham vergonha de buscar ajuda pessoalmente, querem ou precisam apenas de uma conversa com um profissional.

O Atendimento é realizado 24 horas por dia, é grátis, tem apoio emocional e prevenção ao suicídio. O atendimento é feito por voluntários com sigilo absoluto.

Mas para aqueles que querem ajuda pessoalmente, procurem um CVV próximo ao seu endereço. #Tratamento