Após percorrer um longo caminho as pessoas parecem tal qual Pedro Pedreiro na música do poeta Chico Buarque, "que não sabem se estão esperando a morte, o dia de voltar para o norte, ou quem sabe no fundo ele espere alguma coisa mais linda que o mundo". A beleza da terceira idade justifica preocupações sobre como é possível prolongar a data da mudança para um endereço definitivo. Um dos idosos mais famosos foi Matusalém, personagem bíblico que viveu 969 anos. Assim qualquer conselho que ele desse para ansiosos aposentados, certamente teria valor.

As dicas para viver uma velhice melhor e mais longa

1) Leia mais sobre o pedestrianismo.

Publicidade
Publicidade

Não que você tenha pretensões a ser um campeão frente a tantos jovens, mas depois de ler você irá saber que seus benefícios incluem uma fuga ao stress da vida moderna, além de o aproximar da vida ao ar livre.

2) Leia mais sobre a arte de dormir. Não que você queira ser como branca de neve que ficou engasgada presa em um caixão de vidro por muito e muito tempo, até ser despertada pelo príncipe encantado. O sono é um santo remédio para a longevidade, sendo um dos seus segredos, que somente iniciados conheciam, hoje divulgado para todos.

3) Leia mais sobre como exercitar seu cérebro, as #Dicas vão assustar algumas pessoas: troque o relógio de pulso (ponha no direito se for homem e no esquerdo se for mulher); ande pela casa de frente para trás; olhe fotos de cabeça para baixo e tente adivinhar de quem são; procure lembrar da data de aniversário de todas as pessoas que conhece.

Publicidade

Assim você afasta alguns medos (da "doença do alemão", o velho e nada bom Alzheimer) e exercita um dos nossos músculos mais importantes.

4) Assine algumas revistas tais quais os antigos almanaques, que todo final de ano, saiam com diversas dicas sobre como viver bem. Era lá que as vovós de antigamente conseguiam segurar seus velhinhos por perto por mais tempo. As luvas e sapatos de lã que envergonham algumas pessoas, são conselho certo para evitar constipação, uma das inimigas das pessoas de idade e que podem virar algo pior.

5) Busque lá do fundo do baú ou de algum outro lugar, razões para ser otimista. Encare os problemas de frente. Torne-se o conselheiro de alguns colegas seus que nunca ouviram falar de Matusalém e quem sabe por isso não vivam tanto como ele e você. Veja a vida com os olhos de Cândido, o eterno otimista criado por Voltaire (ler também é bom e esta é uma boa leitura).

6) Não precisa se tornar um dos veganos, sequer um macrobiótico, nem um vegetariano, a par de que todas estas propostas podem trazer vantagens.

Publicidade

Em contrapartida procure evitar comer aquele meio quilo de costela engordurada, ou de camarão frito em óleos ricos em graxos. Procure cuidar com sua alimentação. Matusalém, pelo que dizem as más línguas, somente se alimentava de raízes, entre as quais se encontravam algumas que aumentavam o vigor sexual.

7) Líquidos devem ser tomados em abundância. Mas que não sejam daqueles que passarinho não bebe. Use água, mas por favor pura, de preferência fervida, sem que provenha de alguma fonte mineral, onde coliformes podem ser encontrados com frequência. Esqueça os cafés concentrados, extra fortes. Deixe um pouco o chimarrão quente de lado. Vá com sede ao pote de barro, a água é boa.

Estas dicas partem de especialistas em saúde, e certamente vão auxiliá-lo a ter uma vida mais tranquila e feliz na velhice. #Medicina