O #Zika Vírus é uma infecção causada pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que causa a #Dengue e chikungunya. Quando uma pessoa é picada pelo mosquito, os sintomas começam a surgir entre 3 a 12 dias depois. Ainda não existe um tratamento para a doença, mas todo cuidado é pouco para evitá-la. Os principais sintomas são: febre, dor de cabeça, coceiras, dores musculares e nas articulações.

Medicamentos anti inflamatórios e analgésicos estão se mostrando eficazes no combate a doença, mas sempre deve-se consultar um médico, que através de exame de sangue, irá dizer se a pessoa tem ou não a doença. Normalmente os sintomas desaparecem entre 4 e 7 dias depois da doença diagnosticada.

Publicidade
Publicidade

O maior problema é o vírus estar surpreendendo mais ainda a ciência. Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz descobriram que é possível que o pernilongo comum também possa transmitir a doença. Esta hipótese está sendo estudada pelos pesquisadores.

O que fazer para evitar a doença?

Tome cuidado com as plantas e vasos da sua casa, evitando acumular água. Uma sugestão dada pelos especialistas é colocar areia nos vasos, o que impediria a chegada do mosquito. Coloque telas nas janelas, use repelentes e tenha consciência com o seu lixo. Se todas as pessoas fizerem a sua parte, certamente esta doença aos poucos vai desaparecer.

Um outra problema sério é que vários países do mundo apresentam o zika vírus. Um fato polêmico e preocupante é a microcefalia. Esta doença se caracteriza por atingir bebês que nascem com a cabeça e o cérebro em dimensões pequenas.

Publicidade

Alguns casos surgiram no Brasil e o Ministério da Saúde afirma que a microcefalia é causada pelo zika vírus, o que está sendo amplamente discutido em outros países, apesar de muitos cientistas discordarem da tese brasileira, dizendo que ainda é cedo para se chegar a qualquer conclusão, uma vez que, em muitos países, grávidas contaminadas pelo zika vírus tiveram filhos em condições normais. Muitas teorias ainda estão sendo discutidas e uma vacina para a doença não existe, está em fase de testes.

Simples atitudes podem ser feitas na sua casa. Use repelentes caseiros, como vasos de planta com hortelã, manjericão, citronela e alfazema. Consuma também alimentos com vitamina B1, que mudam o odor do corpo e afastam os mosquitos. Estes alimentos são: levedura de cerveja em pó, amendoim, sementes de girassol, feijão, castanha de caju, peixes, ervilhas, entre outros. Concluímos que a solução está em nossas mãos. Se cada um fizer a sua parte, esta doença vai acabar em breve. #sistema de saúde