Você já ouviu falar em coletor menstrual? Ele chegou para substituir os absorventes higiênicos, mas você usaria um coletor? Ainda existem muitas dúvidas a respeito, encontre neste artigo, informações úteis dos prós, contras e de como ele é usado.

O que é um coletor menstrual?

O coletor menstrual chegou ao mercado com a promessa de ser mais confortável e higiênico que os absorventes comuns. Ele possui um formato que se assemelha a uma taça, é fabricado com silicone cirúrgico que se ajusta ao corpo da mulher e coleta todo o fluxo menstrual. 

Os absorventes comuns, como o próprio nome informa, são usados para absorver o fluxo e depois de um certo tempo, devem ser descartados, já o coletor pode ser esvaziado e reutilizado.

Publicidade
Publicidade

A ginecologista, obstetra e especialista em fertilidade, Graciela Folador, explica que, o uso do coletor evita o aparecimento de microfissuras e o crescimento de bactérias, que ocorre comumente com o uso do absorvente e fica descartada a síndrome do choque toxico que pode surgir com o uso do absorvente interno.

Como saber qual coletor é indicado para você?

Assim como os absorventes internos, o uso do coletor pode incomodar um pouco nos primeiros dias de uso. Ele é vendido em tamanhos diferentes e sua escolha vai depender do seu fluxo menstrual. A Dra. Graciela também ressalta que se for usado corretamente o risco de vazamento é quase inexistente.

Quais são os maiores benefícios que o coletor traz?

Graciela afirma que o custo x benefício é um dos grandes atrativos, já que o coletor pode ser reutilizado.

Publicidade

Outro ponto muito importante é que o coletor é ecologicamente correto, evitando o descarte do absorvente tradicional no lixo. Outros benefícios citados são, a não alteração o PH vaginal e o menor risco de infecção.

Qual é o tempo máximo recomendado para o uso?

Recomenda-se o uso por um período máximo de 12 horas, contudo a Dra, Graciela aconselha que o descarte do fluxo seja feito a cada 8 horas, para evitar infecções. O coletor tem a capacidade de armazenar aproximadamente 30 ml do fluxo. Por isso a intensidade do seu fluxo menstrual também pode interferir no tempo para o descarte.

Como esvaziar o coletor, higienizar e reutilizá-lo?

Quando sentir que é necessário fazer o descarte, retire o "copinho", jogue o fluxo no vaso sanitário, em seguida lave o coletor com bastante água corrente. Não se deve recolocar o coletor molhado, seque bem antes de reutilizar. Ele deve ser fervido em água quente antes do uso no início da menstruação e este processo deve ser repetido depois do final da regra, antes de ser guardado.

Quais são as contraindicações?

Pacientes virgens podem ter o hímen rompido, segundo a Dra. Graciela. Também não se recomenda o uso em mulheres que tenham alguma deformação no canal vaginal. Logo após o parto não se deve usar o coletor, é preciso guardar a quarentena, para depois iniciar o uso. #Dicas #Medicina #Tratamento