vacinação contra o H1N1 começa nesta segunda-feira, dia 4, na região metropolitana de São Paulo. Conforme anunciado na semana passada, a campanha foi antecipada devido ao aumento no número de casos de pessoas infectadas com a #Doença. Segundo o levantamento da Secretaria Estadual da Saúde, desde o começo de 2016, até hoje, foram registrados 42 mortes em todo o estado.

Sem mudanças previstas, a vacinação segue o roteiro das campanhas anteriores, imunizando por ordem de grupos prioritários. Nesta semana, os profissionais da saúde serão imunizados contra a doença, já que são eles que atendem e auxiliam milhares de pessoas com diversos problemas de saúde e, por isso, estão mais vulneráveis. 

Na semana seguinte, a do dia 11 de abril, será a vez das gestantes, crianças de 6 meses a 5 anos e idosos tomarem a vacina.

Publicidade
Publicidade

A partir do dia 18,  a vez será das mulheres que tiveram bebês recentemente e pessoas com doenças crônicas.

Campanha de vacinação nacional

A campanha nacional contra a gripe e o vírus H1N1 está prevista para começar no dia 30 de abril e deve ser concluída no dia 20 de maio. 

O Ministério da Saúde começou a fazer o repasse das vacinas na sexta-feira passada, dia 1º e afirmou que a distribuição acontecerá em 3 remessas, o que deve ser concluído até o dia 15 de abril. O primeiro lote tem 25,6 milhões de doses e 5,7 milhões deve ser entregues só para o estado de São Paulo, justamente por conta dos casos da doença.

Ao contrário do que se imagina, não é o Ministério da Saúde que planeja a campanha de vacinação. Esse é o papel do estado que, a partir de dados feitos por cada município, elabora uma estratégia de contenção da doença e, a partir disso, passa a distribuir a vacina de acordo com a necessidade de cada região.

Publicidade

Como prevenir o H1N1?

Além de tomar a vacina, medidas para prevenir a doença são fundamentais. Lavar as mãos sempre que possível é essencial para evitar o contágio. Depois disso, a segunda dica é evitar locais que estejam lotados, pois isso facilita a transmissão de doenças. Ao tossir ou espirrar, cubra a boca com os braços, principalmente se as mãos não estiverem limpas. E use sempre com você, em casa ou no trabalho, o álcool em gel para limpar as mãos. Em casos extremos, use uma máscara de proteção#Terceira Idade #Dicas