Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, só nos primeiros quatro meses do ano, quatro pessoas morreram em decorrência da gripe H1N1 no estado. Desde o último levantamento, dezenove casos já foram registrados - na última semana havia três casos.

Das mortes confirmadas no levantamento realizado no dia 7 de abril, uma aconteceu na cidade de Lavras e uma em Andradas, ambas no Sul de Minas; e as outras duas em Frutal, no Triângulo Mineiro.

LAVRAS ANTECIPA VACINAÇÃO

Após a confirmação de uma morte pelo vírus H1N1 e três casos confirmados, a vacinação foi antecipada na cidade de Lavras. Desde ontem, as pessoas que pertencem aos grupos de risco estão sendo vacinadas.

Publicidade
Publicidade

Pertencem aos grupos de risco: pessoas com idade igual ou maior a 60 anos; grávidas a partir de 12 semanas; mães até 45 dias após o parto; crianças com idades entre 6 meses a cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias); portadores de doenças crônicas não-transmissíveis; trabalhadores da saúde; população indígena; e presos e funcionários do sistema prisional. 

Há ainda outros 17 casos da #Doença estão sendo investigados na cidade.

VACINAÇÃO EM BELO HORIZONTE

Até o momento, dois casos da doença foram confirmados em Belo Horizonte e não houve nenhum óbito. 

A previsão da Secretaria Municipal de Saúde é de que mais de 660 mil pessoas sejam vacinadas. A vacinação acontecerá a partir do dia 30 de abril até o dia 20 de maio em 140 centros de saúde.  

A vacinação de pessoas de cama e residentes em casas de repouso serão feitas a domicílio.

Publicidade

O cadastro para receber a vacina pode ser feito na Prefeitura de Belo Horizonte (telefones 3277-7722 e 156) até o dia 13 de maio.

OUTRAS CIDADES MINEIRAS QUE ANTECIPARAM A VACINAÇÃO

Varginha - A vacinação acontecerá de 18 de abril a 20 de maio. 

Três Pontas - O início da vacinação também será no dia 18 de abril. Há dois casos suspeitos de H1N1 na cidade.

Andradas - Na cidade, a vacinação começa amanhã, 16. Há nove casos suspeitos sendo investigados.

O que é a gripe H1N1? Quais seus sintomas e tratamentos?

A gripe H1N1, também conhecida como gripe suína ou gripe Influenza tipo A ou gripe suína, é uma doença causada por uma mutação do vírus da gripe. A gripe afetou grande parte da população entre 2009 e 2010.

Os sintomas são muito parecidos com os da gripe comum e a transmissão também ocorre da mesma maneira. A diferença é que a gripe H1N1 pode levar a complicações de saúde muito graves, podendo até mesmo levar os pacientes à morte.

Sintomas

Tosse, febre alta, dores musculares, dor de cabeça, espirros, falta de ar, fraqueza, coriza, dor na garganta, congestão nasal, vômitos e náuseas, insuficiência respiratória, diarreia.

Tratamento

A maioria dos casos não requer internação do paciente ou uso de antivirais. A pessoa diagnosticada com gripe H1N1 deve permanecer em casa em repouso, manter uma boa hidratação e evitar locais com acúmulo de pessoas.  #sistema de saúde