Apenas 10 centímetros a mais de barriga aumenta em 13% as chances de ter câncer de próstata. A conclusão é de pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, que analisaram 140 mil homens em mais de 8 países.

De acordo com a pesquisa, a medida da circunferência abdominal acima de determinados valores, tanto para o homem quanto para a mulher, envolve a gordura em volta dos órgãos, chamada de gordura visceral. Essas gorduras são responsáveis pela produção de hormônios que são maléficos ao nosso organismo. Tudo isso não só facilita no desenvolvimento de doença cardiovascular, mas também o aparecimento de tumores.

O maior grupo de risco, segundo a pesquisa, é o de homens com a barriga avantajada, acima de 94cm.

Publicidade
Publicidade

São eles que tem mais chances de desenvolver um câncer de próstata de alto risco, uma forma agressiva da doença.

Em todos os tumores, o de próstata é o segundo que mais mata homens no Brasil, perdendo somente para o de pulmão, segundo o Instituto Nacional de Câncer. A estimativa é de que este ano mais de 61 mil homens sejam diagnosticados com a doença na glândula. De acordo com médicos especialistas, para se ter a comprovação do estudo britânico é preciso pesquisar mais. Homens magros também podem ter o tumor.

Como prevenir

O mais importante é a prevenção. Os médicos sempre recomendam para aqueles que têm histórico familiar de câncer de próstata para que façam pelo menos uma avaliação antes dos 40 anos, com a dosagem do hormônio da próstata, e exames com o médico urologista.

Alimentação saudável

Outra recomendação é sempre ter uma #Alimentação Saudável.

Publicidade

Adotar uma dieta balanceada, com baixa quantidade de gordura ajuda no controle do peso, traz uma melhora na qualidade de vida e reduz os riscos de doenças cardíacas. Optar por consumir mais frutas e vegetais pode ajudar a reduzir os riscos da doença.

Prática de exercícios físicos

A prática de exercícios físicos, além de ajudar no controle do peso, também auxilia na redução do risco de desenvolver a doença. A prática da caminhada não tem restrição médica e é uma boa maneira para quem quer fugir das academias.

Exames de rotina

Para homens acima de 50 anos, recomenda-se exames rotineiros, pois se tiver desenvolvido a doença, o tratamento poderá ser iniciado o quanto antes. O indicado é que se realize o exame de 6 em 6 meses. Portanto, não deixe de consultar seu urologista regularmente. #Curiosidades #Medicina