Decidir mudar hábitos e emagrecer é uma decisão somente da pessoa, ela tem que estar preparada para encarar todos os desafios. Emagrecer naturalmente pode ser um processo menos doloroso se houver um equilíbrio entre alimentação e uma cabeça centrada em objetivos.

Portanto, vários fatores influenciam e até impedem algumas pessoas de seguirem em frente e alcançarem o peso desejado. Quando o cérebro não trabalha junto com a nossa vontade de chegar ao objetivo acontece a "autossabotagem", isso mesmo, é aquele momento que tudo está caminhando tranquilamente na #Dieta e exercícios e de repente da aquela ânsia de comer e isso começa de forma exagerada comprometendo os quilos já perdidos.

Publicidade
Publicidade

Isso não ocorre só com a comida, mas com as atividades físicas também. Você começa a dar desculpas para não se exercitar, até abandonar o ritmo que seguia.

Porem, não fique triste ou desanime. Existem alguns meios para evitar que isso aconteça. Exercitar e comer deve ser algo prazeroso até quando se entra numa dieta de #Emagrecimento, quando você não está satisfeito ou corta tudo demais para se chegar ao objetivo você acaba sendo desestimulado pela falta de interesse ou prazer com aquilo que faz.

Daremos algumas dicas super importantes para que você continue firme e determinada no seu objetivo, conquistando assim além de hábitos saudáveis, uma vida muito mais prazerosa:

1- Comece fazendo anotações diárias de tudo que você come, sem pular nenhuma refeição. As vezes damos aquela fugidinha da dieta achando que isso não vai interferir, porém, esse é um problema gravíssimo para colocar tudo a perder.

Publicidade

2- Faça atividades físicas que lhe dão prazer. Nem sempre o que dá resultado para uma pessoa, fará o mesmo efeito em você. Escolha algo que combine com você, que te deixe à vontade em fazer, que não seja cansativo, e principalmente que te estimule a voltar no outro dia para fazer novamente.

3- Sozinho às vezes é bem chato se exercitar, sendo assim, coloque aquela amiga, o maridão, os amigos para exercitar junto com você. Além de estar arrumando uma companhia que te estimule, ainda vai estar ajudando na #Saúde deles também.

4- Procure algum grupo de apoio, seja de educação alimentar em redes sociais, no seu bairro, ou qualquer um que tenha pessoas que realmente leve algo novo e estimulante para o grupo. Exponha suas dificuldades e escute as dos outros, isso ajuda a corrigir alguns hábitos errados e aprender muita coisa interessante. Esse monitoramento é importante, uma ajuda a outra.

5- Quando decidir fazer algo, faça por si e não porque as outras pessoas acham que seria melhor pra você.

Publicidade

Seu objetivo tem que ser claro, tem que ser por você, pela sua saúde. Quando queremos mudar para agradar os outros normalmente somos pressionados e os resultados não são satisfatórios.

6- Quando for malhar pense nos resultados que iá obter com aquele treino e não na preguiça, em como você está no momento. Nada de pensamentos negativos. Pense que estará mais disposta, revitalizada, saudável, leve, a pele mais bonita, sua autoestima muito melhor que antes. Isso tudo te ajudará a não desistir. Alias, desistir é uma palavra que terá que cortar do seu dicionário.

7- Não queira tudo de uma vez, pense no hoje, nessa semana e não onde tem que chegar. Conquiste cada ponto de uma vez para se ter o resultado completo lá na frente. Se precisa emagrecer 10k, não pense em 10, pense em dois e depois que perder eles, mais dois e assim vai. Objetivos curtos, alcançáveis, estimulam muito mais do que ver uma luz no fim do túnel e ficar 24h por dia pensando que não irá alcança-la.

8- Dieta não é corte de tudo e simplesmente fazer greve de fome, é saber se alimentar.

Por isso procure se reeducar, obter hábitos saudáveis. Você pode ter prazer com a comida, comendo bem menos, em horários específicos e modificando os tipos de alimentos.