No início deste mês, um bebê de 14 meses de idade foi levado pelos avós ao hospital Fatebenefratelli de Milão, Itália, e deixou chocados os médicos que o atenderam: pesando apenas 5,0 Kg, muito abaixo do peso que deveria apresentar, encontrava-se em situação de grave desnutrição. Para piorar a sua condição, os baixos níveis de cálcio da criança, caracterizados pelos médicos como "mínimos necessários à sobrevivência", agravaram um distúrbio cardíaco genético de que é portadora.

Trata-se do quarto caso de criança vegetariana mal nutrida sendo internada, nos últimos dezoito meses, na Itália. Os funcionários do hospital relataram o caso às autoridades dos serviços sociais levando os pais à perda da custódia do filho.

Publicidade
Publicidade

Recentemente, outro caso semelhante ganhou as páginas da imprensa mundial, sendo noticiado aqui no Blasting News. Uma menina de dois anos, da cidade também italiana de Gênova, necessitou de internação e cuidados intensivos em razão de sua má condição nutricional.

Segundo médicos pediatras e nutricionistas do Britain’s National Health Service (Serviço Nacional de #Saúde Britânico), não é um problema os pais adotarem para si e para os filhos uma dieta vegetariana, no entanto, esclarecem, são necessários certos cuidados e compensações - às vezes suplementações - para que não ocorram situações de carência de nutrientes essenciais (macro e micronutrientes), como nos casos referidos.

Essa também é a posição da Academy of Nutrition and Dietetics (Academia de Nutrição e Dietética), dos Estados Unidos, representante de mais de 100 mil profissionais de nutrição.

Publicidade

Segundo a Academia, "um bem planejado regime e padrões alimentares vegetarianos podem ser saudáveis para crianças e bebês". É, no entanto, recomendável para crianças cuja alimentação não contemple produtos lácteos ou ovos, a suplementação ou o fortalecimento, na dieta, de produtos ricos em vitaminas B12 e D, além de cálcio e ferro, entre outros cuidados.

Assim, importa destacar que o risco ao qual, crianças cujos pais lhes conduzem por uma dieta vegetariana - ou outra orientação nutricional qualquer - em razão de seus próprios valores, reside, muito mais, na desinformação e na irresponsabilidade com que o fazem do que na linha alimentar seguida. #Alimentação Saudável