Recentemente um estudo foi realizado pelo Centro de pesquisas da Universidade de Gothenburg na Suécia, a Sahgrenska Academy, o qual tinha como principal objetivo descobrir o quanto a cerveja pode ser benéfica para a saúde das mulheres. Como resultado, eles descobriram que a bebida não só faz bem, como também, se apreciada com moderação pela população feminina, podem diminuir as chances das moças enfartarem.

Os estudos realizados revelaram que se essas mulheres beberem de uma a duas cervejas por semana, elas podem ter 30% a menos de chances de sofrer um infarto, em relação às que não gostam da bebida ou as que tomam de um modo mais exagerado.

Publicidade
Publicidade

Ou seja, não adianta querer sair entornando por aí, tem que saber beber.

As pesquisas ainda revelaram que as mulheres estão consumindo bebidas alcoólicas cada vez mais, onde a maioria consome destilados mais que uma ou duas vezes no mês. O que aumenta em 50% o risco de mortes por câncer para a categoria.

Os resultados foram divulgados na revista ‘Journal of Primary Health Care’. Foram 50 anos de muito trabalho até que os cientistas conseguissem concluir o estudo. Eles fizeram 32 deles só entre os anos 1.968 até o ano 2.000

Durante as pesquisas, cerca de 1,5 mil mulheres que estavam em meia idade participaram preenchendo um formulário sobre a frequência que consumia bebidas como cerveja, vinho e outros destilados. Mas além disso, elas tinham que relatar quais sintomas de doenças que sentiam.

Publicidade

Depois de 50 anos de muitos formulários e entrevistas, 185 das participantes tiveram um infarto, 162 sofreram um derrame, 160 acabaram apresentando diabetes e 345 tiveram algum tipo de câncer.

Outros estudos anteriores, também descobriram a eficiência da cerveja quando se trata de oferecer benefícios para o corpo humano se consumida com moderação. Veja alguns dos resultados obtidos: #Curiosidades #Alimentação Saudável #Saúde

  • De acordo com a sexóloga Kat Van Kirk, autora do livro ‘The Married Sex Solution’, a bebida pode melhorar o desempenho sexual do homem.
  • Previne o mal de Alzheimer, pois ajuda o cérebro a funcionar melhor, segundo um estudo publicado no ‘New England Journal of Medicine’.
  • De acordo com o que pesquisadores da Virginia Tech descobriram, a cerveja ajuda na longevidade do ser humano.
  • Previne o aparecimento de pedras nos rins, segundo o que foi divulgado na revista Clinical Journal of America Society of Nephrology.
  • E ainda, ajuda na digestão e fortalecimento dos ossos, segundo o estudo publicado na Science of Food And Agriculture.