Um novo estudo realizado pelo Instituto de Biologia de Células Estaminais e Medicina Regenerativa, da Índia, descobriu que no interior do intestino médio das baratas existe uma vitamina que poderá ser o elo de ligação para a sobrevivência da humanidade em um futuro próximo. Os pesquisadores acabaram descobrindo que baratas da espécie Diploptera punctata são capazes de bombear uma espécie de leite para fora do corpo, o qual é rico em proteínas e serve para alimentar seus filhotes. O fato que mais chama a atenção dos cientistas é que este líquido contém quatro vezes mais a quantidade de proteínas encontrada no leite de búfala - que ultrapassa o leite de vaca em proteínas.

Publicidade
Publicidade

Como não existe a possibilidade de ordenhar uma barata, uma equipe formada por pesquisadores de diversas partes do mundo realizou a pesquisa. Foi quando resolveram sequenciar os genes da barata com o intuito de produzir esses cristais de proteína para estudo e para que possam ser reproduzidos dentro de laboratórios. “Esses cristais funcionam como um alimento completo. A maioria deles é composto por diversas proteínas, gorduras e açúcares. Caso alguém observar para a sequência de proteínas, esses cristais contém todos os aminoácidos para uma alimentação saudável'',  ressalta Sanchari Banerjee, um dos pesquisadores da equipe em entrevista para o jornal "Times of India".

Vale ressaltar que esta fonte de proteínas não deverá ser administrada para perder ou ganhar peso. A partir de agora, a pesquisa será utilizada como uma forma rápida e ágil para a aquisição de proteínas e nutrientes para aquelas pessoas que necessitam ganhar peso rapidamente e de maneira mais saudável.

Publicidade

"É um alimento rico em nutrientes, sais minerais, vitaminas, entre outros e será produzido em tempo'', afirmou Subramanian Ramaswamy, pesquisadora responsável pelo projeto.

Agora, a próxima fase da pesquisa consiste em obter matéria-prima para fabricar o cristal em grande escala e tornar o processo mais eficaz. O estudo foi divulgado por uma revista pertencente à União Internacional de Cristalografia (IUCRJ). #Inovação #Curiosidades