A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de alguns lotes de extratos de tomate de cinco marcas comercializadas no Brasil. O motivo é a presença de pelos de rato encontrados nos produtos em algumas das análises realizadas pela agência.

Com a proibição, as empresas responsáveis estão obrigadas a retirar os lotes do mercado sob pena de sofrerem sanções.

O Laboratório de #Saúde Pública da Anvisa de Santa Catarina identificou os lotes contaminados. Os técnicos encontraram o que classificaram como matéria estranha que coloca em risco a saúde humana acima do limite de tolerância.

De acordo com uma resolução da Anvisa, as empresas produtoras de alimentos são obrigadas a rastrear seus produtos e tirá-los de circulação quando notificadas por conta de inadequação ao consumidor.

Publicidade
Publicidade

Doenças transmitidas

Os ratos transmitem aos humanos mais de 200 doenças diferentes. Entre as mais conhecidas estão a leptospirose, transmitida através da urina. Outras enfermidades definidas pela Organização Mundial da Saúde estão a peste bubônica, a febre hemorrágica, tifo, sarnas, micoses, entre outras.

Entre as principais doenças provocadas por ratos, a peste bubônica é uma das mais fatais. A peste provoca febres, calafrios, intolerância à luz, entre outras reações. Provocou muitas mortes durante a Idade Média, na Europa. Foi quando os europeus passaram a dar mais valor a medidas sanitárias.

A Anvisa determina ainda que as empresas responsáveis pelos lotes de produtos considerados inadequados para a população devem divulgar o fato.

Se você tem estes lotes em casa, não se arrisque. Veja a lista de marcas e lotes proibidos pela Anvisa:

Fabricante: Cargill Agrícola Sa:

Molho de tomate tradicional Pomarola – lote 030903 validade 31/08/2017;

Extrato de tomate Elefante – lote 032502 – validade 18/08/2017.

Publicidade

Fabricante Stella DÓro Ltda.:

Extrato de tomate Amorita – lote L076 M2P – validade 01/04/2017.

Fabricante Predilecta Alimentos Ltda;

Extrato de tomate Predilecta – lote 213 23IE validade 03/2017;

Extrato de tomate Aro – lote 002 M2P – validade 05/2017. #Doença #Organização Mundial de Saúde