Os anos 60 foram considerados por estudiosos a década da revolução sexual feminina, quando surgiram as famosas e tão conhecidas pílulas anticoncepcionais. Não podemos negar que foi um marco de extrema importância na vida sexual de todas as pessoas que não queriam ter filhos. Agora, essa revolução atingiu um novo patamar e não serão somente as mulheres que farão o uso da bendita pílula. Os homens também terão ao seu alcance um novo método totalmente eficaz e reversível.

Cientistas americanos estão testando uma espécie de gel injetável para os marmanjos, que pode ser a mais inovadora maneira contra a gravidez para os casais.

Publicidade
Publicidade

Esse anticoncepcional masculino, ao contrário da vasectomia, que é irreversível, é temporário, o que despertou o interesse e a curiosidade de milhões de homens em todo o mundo. O objetivo principal é que o método tenha um efeito de alguns anos e segundo os fabricantes, seria ministrada em dose única no paciente que estaria imune de engravidar uma mulher durante esse tempo.

O período de eficácia do gel seria em torno de dez anos, aproximadamente. O procedimento é bem simples e funciona como se fosse uma vasectomia, mas sem o uso do bisturi. Um gel é inserido no canal deferente do homem e leva em média de 15 a 20 minutos. Caso o paciente queira ter um filho ou mesmo voltar e ter o volume de esperma de antes, basta retirar o gel injetado que tudo volta ao normal.

O inovador método para homens devem ajudar àqueles que não querem ter filhos ou que não gostam de usar preservativos.

Publicidade

Os médicos ressaltam que o gel não inibe doenças sexualmente transmissíveis e que não está descartado o uso de preservativos convencionais, principalmente se o homem não conhece muito bem a parceira. Segundo os fabricantes, o preço do novo método para os interessados gira em torno de R$ 1.500,00, mas só estará valendo quando o produto for comercializado. Como ainda está em fase de teses, a previsão é que ele entre no mercado brasileiro no ano que vem, depois da aprovação dos órgãos fiscalizadores.

 

  #Dicas #Curiosidades