Segundo o site britânico Daily Mail, pesquisadores da Universidade de Chapman, localizada na Califórnia (#EUA), realizaram um estudo que sugere que mulheres em seu período mais fértil exalam um cheiro natural que as torna mais atraentes para ambos os sexos.

O fato de que homens são mais atraídos pelo cheiro natural de mulheres que estão prestes a ter um bebê já era conhecido pelos cientistas. No entanto, de acordo com os pesquisadores de Chapman, torna-se difícil explicar, do ponto de vista evolutivo, o porquê de o cheiro de uma mulher fértil se tornar mais agradável para outra.

Metodologia do estudo

De acordo com o Daily Mail, a pesquisa foi liderada por Kelly Gildersleeve, e envolveu a obtenção, através de cotonetes, de amostras de odores naturais provenientes das axilas de 33 mulheres que não estavam usando qualquer tipo de perfume ou desodorante antitranspirante.

Publicidade
Publicidade

Deste número total, 21 mulheres se encontravam em seu ciclo menstrual natural, enquanto que as 12 restantes tomavam pílulas – medicamentos conhecidos por causar alterações na menstruação, ou até mesmo sua interrupção.

De posse das amostras, os pesquisadores convidaram outras 96 mulheres, com idades entre 18 e 40 anos, a cheirar as fragrâncias e avaliar qual seria o aroma mais agradável, através de duas maneiras diferentes. Primeiramente, por meio de uma escolha forçada, elas sentiam o cheiro de apenas duas amostras provenientes de uma mesma mulher, colhidas em períodos diferentes (levando em conta a presença e a ausência da menstruação). Depois, elas podiam escolher livremente, entre todas as fragrâncias, quais tinham os melhores odores, classificando cada cheiro em termos de agradabilidade, sensualidade e intensidade, atribuindo valores entre 1 e 9.

Publicidade

A maioria das avaliadoras era composta de heterossexuais (48 no total), além de 22 lésbicas e 16 bissexuais. Os resultados, segundo os autores do estudo, revelaram que as mulheres, assim como os homens, classificam fragrâncias naturais exaladas durante os períodos de maior fertilidade como sendo mais agradáveis e sexys, não importando sua preferência sexual.

O Daily Mail ressaltou que os pesquisadores especulam que a capacidade de uma mulher detectar diferenças na fertilidade de outra seja uma espécie de vestígio evolutivo, ou um subproduto de sua fisiologia compartilhada com os homens.

Além disso, os cientistas acreditam que a faculdade de emitir um odor mais agradável possa ter dado algum tipo de vantagem para as mulheres no passado – fator este que acabou sendo transmitido, geração após geração, até os dias atuais. #Curiosidades #Comportamento