Quem resiste a uma pizza recheada com seu sabor favorito? Podemos dizer que a maioria das pessoas não dispensa, principalmente nos fins de semana, ou feriados, quando a vontade de ir para o fogão quase não existe. O fato é que ela é um dos alimentos preferidos para substituir uma refeição.

Mas, por que amamos tanto as pizzas?

Pensando nisso, cientistas fizeram uma pesquisa e descobriram algo extraordinário, um novo sabor chamado de sexto sabor, que está presente nas pizzas.

Entenda

Segundo o pesquisador do estudo, Juyun Lim, da Universidade Estadual do Oregon, que também é professor de ciência e tecnologia de alimentos, explicou ao portal New Scientist, que todos nós temos uma importante fonte de carboidratos complexos.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o estudo, esse novo sabor é o amido, que é um carboidrato complexo, que são formados por pequenas moléculas de açúcar.

Para se chegar à conclusão do estudo, testes realizados foram feitos por voluntários, que foram solicitados que descrevessem o que estavam degustando. O experimento variava de soluções mistas de carboidratos, para se chegar ao resultado da preferência.

Uma boa parte dos que participaram conseguiram descrever o sabor de amido. Gosto parecido com arroz, foi relatado, e outros detectaram o gosto de pão e macarrão. Quando foram testados com uma solução para inibir a enzima, que decompõe os amidos, eles não conseguiram detectar o sabor descrito acima, parecido com pão ou macarrão.

Chegando à conclusão que o amido é uma substância essencial para o gosto do prato.

A verdadeira razão pela qual os gostos existem, na verdade, é para que nós possamos identificar quais são as substâncias que nos fornecem energias, e quais as que são tóxicas e que não devemos ingerir. Do ponto de vista dos cientistas, saborear amido, é altamente benéfico, pois precisamos de carboidratos e eles são incrivelmente nutritivos e importantes para nossa sobrevivência.

Publicidade

Concluímos então que amamos a pizza não por meramente ser um alimento saboroso, mas porque nossa língua pode, quimicamente, identificar as substâncias necessárias e, por isso, são mais atrativas para o nosso consumo. #Entretenimento #Culinária #Curiosidades