Seu filho se recusa a comer verduras? Ele trocaria facilmente o almoço por um lanche? Ele só pensa em comer doces e tomar refrigerantes? Ele só come macarrão instantâneo? Confira aqui uma lista do que você e o que você não pode fazer para ajudá-lo a manter uma #rotina alimentar mais #saudável

O que você pode fazer para uma rotina alimentar saudável

  • Pode: ser exemplo

Você quer que seu filho tenha uma alimentação mais saudável? Então comece você aderindo a uma rotina alimentar equilibrada e sirva de exemplo à criança.

  • Não pode: camuflar #alimentos no prato

Muitos e muitos pais cometem o erro de esconder a comida no prato, como colocando aquela couve-flor picadinha junto ao arroz.

Publicidade
Publicidade

Isso está errado. Você precisa contribuir para que ele tenha hábitos alimentares saudáveis e, para tanto, ele precisa conhecer a textura, o sabor e a cor dos alimentos. 

  • Não pode: Insistir para que seu filho coma mais

A insistência para que seu filho coma mais não abre o apetite dele, apenas cria um mal-estar entre vocês. Ele irá comer se estiver com fome.

  • Pode: Provar de novo, sempre

Ao contrário da insistência para comer mais, a insistência para provar mais uma vez aquela comida funciona. Seu filho pode não ter amado couve-flor na primeira vez, mas novas formas de preparar o alimento (como em suflê, em recheio,...) podem agradar o paladar da criança. 

  • Não pode: Complementar a refeição

Muitos pais acham que o filho não está suficientemente alimentado e acabam complementando a refeição, como oferecendo uma mamadeira ou qualquer outro alimento que pareça sustentar mais.

Publicidade

Assim, a criança acaba criando o hábito de recusar a alimentação.

  • Pode: Seguir uma rotina

A rotina é super importante para que a criança crie hábitos saudáveis, como horários para o café da manhã, almoço e jantar. Tudo bem fazer um lanche da manhã ou um lanche à tarde, mas as refeições principais devem ser mantidas.

  • Não pode: Juntar bebida com comida

O estômago da criança ficará cheio de líquido e ele acabará recusando o alimento. O mais indicado é deixar a bebida para o fim da refeição, preferencialmente um copo de água.

  • Pode: Preparar petiscos saudáveis

Que tal fazer petiscos de legumes e frutas? Assim ele sempre terá esses alimentos saudáveis disponíveis. Faça, por exemplo, palitos de cenoura, e deixe na geladeira.

  • Pode: Negociar sobremesa

Comida não deve ser encarada como um prêmio. Portanto, nada de punir ou premiar seu filho por ter comido algo que ele não gosta.

Estimule hábitos alimentares saudáveis sempre!