O acúmulo de restos de alimentos entre os #dentes é inevitável. Mesmo com o uso de fio dental e uma boa escovação, microorganismos presentes no tártaro acabam formando uma placa bacteriana de cor amarelada que se acumula e endurece nos dentes, principalmente junto a gengiva. Elas são responsáveis por manchas e aspectos de sujeira que degradam o esmalte natural dos dentes além de, claro, dar um aspecto desagradável à boca de quem sofre com o problema.

Porém, a solução para o problema está mais próxima de suas mãos do que você imagina.

Seguindo nossas dicas, que não contém contra indicações, tampouco causam efeitos colaterais, será possível devolver aos seus dentes a cor branca e o aspecto de brilho que eles contém, naturalmente.

Publicidade
Publicidade

Todos estamos suscetíveis a dois tipos de tártaro: o sub e o supra gengival. O primeiro, sub-gengival, possui uma cor mais escura do que o supra-gengival, além de criar uma placa mais espessa do que o segundo tipo e que se espalha por todo o dente. Já o supra mantém-se entre a gengiva e o dente e tem aspecto amarelado. Embora uma higiene bucal incondizente com o recomendável proporcione a criação dos dois tipos de tártaro, ambos são também resultados de alimentação rica, exageradamente, em ácidos e cálcio.

O consumo de alimentos como maçã, rúcula, alface, espinafre e acelga contribuem para evitar o acúmulo desses tipos de tártaro.

Para a remoção e limpeza dos dentes, a argila branca é um componente essencial pois alcaliniza o pH (escala para medida do potencial hidrogeniônico) bucal e do nosso próprio organismo.

Publicidade

Outro componente que pode colaborar na alcalinização do pH da boca e ainda responde com limpeza e fortalecimento dos nossos dentes é a água salgada encontrada no mar.

Outro produto que favorece a manutenção dos dentes brancos é a stévia, planta medicinal que pode ser utilizada para substituir o açúcar como um adoçante natural.

Como remover a placa bacteriana

Um componente muito usado em tratamento odontológico com a finalidade de limpar, devolver a cor branca e o brilho aos dentes, é o pó de carvão ativo de origem vegetal - encontrado em côco, madeira, etc -, bem como o bicarbonato de sódio. Porém, tanto quanto a substância utilizada na culinária, o pó de carvão ativo deve ser usado com moderação e em poucas ocasiões pois sua ação abrasiva pode causar prejuízos definitivos ao esmalte. O pó de carvão ativo pode ser encontrado em lojas revendedoras de produtos naturais.

Como aplicar

Com as cerdas da escova de dentes molhadas, aplique uma pequena porção do pó de carvão e, em seguida, espalhe esfregando levemente sobre os dentes.

Publicidade

Após alguns minutos, enxague a boca normalmente.

Outra substância que colabora com a redução da formação de placas bacterianas e também as remove é o óleo de girassol ou de gergelim. Basta efetuar lavagens periódicas, em bochechos e gargarejos, para a manutenção dos dentes brilhantes e brancos.

Finalizando, não se esqueça de efetuar uma limpeza bucal correta, diariamente. Fio dental é essencial para a remoção de resíduos alimentares que, quando acumulados, resultam na formação da placa bacteriana. #caseiro #Saúde