O óleo de soja é o mais utilizado hoje em dia, o problema é que este alimento não faz nada bem para a saúde. Quando aquecido, o óleo de soja torna-se ainda mais nocivo para a saúde, e inclusive ele não deve ser reutilizado.

Tendo em mente que o óleo de soja não é tão viável para o consumo, uma solução cabível é procurar por alternativas plausíveis. Dentre elas podemos citar os óleos de canola, de girassol, dentre outros.

A opção mais interessante para o consumo fica por conta do óleo de #Coco, apesar de não ser tão cultuado, é sábio afirmar que este poderoso alimento pode ser utilizado para frituras, e o melhor de tudo é que ele não faz mal. Ao contrário, este alimento possui benefícios incríveis, tais como:

Previne o HIV: o vírus HIV quando  entra no corpo, pode se concretizar em Aids.

Publicidade
Publicidade

Eu digo "pode" pelo fato de que, não necessariamente a pessoa desenvolverá a Aids. Se por ventura o sistema imunológico conseguir neutralizá-lo, com absoluta certeza a Aids não será desencadeada.

Segundo algumas pesquisas, em algumas ilhas onde o consumo de óleo de coco é diário, não há sequer um caso de Aids registrado. Isso ocorre pelo fato do óleo de coco ser um inimigo de vírus como o HIV por exemplo.

Imunidade: o óleo de coco possui inúmeras propriedades importantes para o nosso sistema imunológico. Um exemplo são as propriedades antifúngicas  e antibacterianas, que são essenciais para prevenir inúmeras doenças.

Doenças cardíacas: o óleo de coco reduz drasticamente os níveis de LDL. Este LDL é o colesterol ruim, que causa doenças como infarto por exemplo. Uma vez reduzido através do consumo de óleo de coco, com absoluta certeza doenças cardíacas são precavidas.

Publicidade

Fator emagrecimento: o óleo de coco contém uma significante quantia de ácidos graxos, que por sua vez atuam beneficamente de várias maneiras. Além de serem essenciais para o cérebro,  esse mesmo ácido graxo é extremamente eficiente no combate ao excesso de peso, pois ele ajuda a reduzir as gorduras localizadas e além disso estimula o metabolismo.

Anti-inflamatório: o óleo de coco contém uma propriedade bastante importante, que é a anti-inflamatória. Esta propriedade torna-se viável para contenção de complicações como estrias por exemplo, além de promover uma cicatrização fugaz.

Para se apropriar de todos os benefícios citados neste artigo, é recomendável consumir este alimento todos os dias da semana. Caso não haja essa disponibilidade, é crucial manter um consumo frequente de, pelo menos, 3 vezes semanais. #óleo #comidas saudáveis