Há nos supermercados uma grande opção de alimentos #Diet, #Light e #Zero, mas você sabe dizer qual a diferença entre eles? Bebida zero, pão light e sorvete diet...o que isso significa? Para que serve cada um? Qual o mais indicado para quem quer emagrecer? E para quem não pode consumir o açúcar?

Confira a diferença entre esses tipos de alimentos e não erre na hora de fazer a sua compra:

Alimentos Diet

Os alimentos que possuem a denominação diet são isentos de algum tipo de ingrediente em sua fórmula e fabricados com a intenção de atender a pessoas com necessidades específicas. Essas pessoas não podem consumir ou devem substituir algum componente específico.

Publicidade
Publicidade

Como exemplo tem o sal, para os hipertensos, o açúcar para os diabéticos, o glúten para os celíacos e a gordura para os que possuem colesterol alto.

Especialistas dizem que muitas pessoas que querem emagrecer costumam usar os produtos diet, mas é preciso ficar atentos, pois o valor calórico desses alimentos pode não ser menor que o do convencional. Alguns produtos podem não ter açúcar, mas podem conter uma maior quantidade de gordura, o que faz com que seu valor calórico seja maior que o da receita original. 

Eles afirmam é muito importante que o consumidor fique de olho no rótulo o produto e aconselham que esses produtos sejam consumidos apenas quando há a necessidade. Cuidado: não se leve apenas pela inscrição diet no rótulo, mas sim em qual substância foi retirada ou substituída na formulação.

Publicidade

Alimentos light

Os alimentos light são aqueles que possuem uma redução de calorias ou de quantidades de determinado ingrediente em sua composição. Segundo a nutricionista, para ser considerado light basta uma diminuição de, no mínimo, 25% do valor calórico ou de certo nutriente como o sal ou açúcar, se comparado com a versão tradicional. 

Os produtos light são indicados para o consumidor saudável, mas que busca emagrecer ou mesmo manter a saúde ou bem estar. Especialistas novamente orientam a atenção ao rótulo do produto, que deve indicar com qual produto convencional aquele light pode ser comparado. Eles esclarecem que o exagero no consumo desses produtos pode trazer como resultado como ingestão igual ou mesmo superior de calorias, se comparado a um consumo moderado de um produto não light. Não vale a pena exagerar no consumo dos mesmos.

Alimentos zero

Essa nomenclatura 'zero' foi a mais recente a ser empregada nas embalagens de alguns alimentos e isso quer dizer que o mesmo possui uma restrição ou isenção de algum componente, se for comparado com a versão tradicional. Quando se tratar de um produto que não possui açúcar, por exemplo, pode ser consumido por pessoas que desejam emagrecer e também por pessoas diabéticas.