Por mais incompreensível que isso pareça ser, os estudiosos ainda não conseguiram descobrir o verdadeiro motivo pelo qual o sexo feminino chega ao orgasmo. Já sabemos que essa função no sexo masculino serve para libertar inúmeros espermatozoides, e com isso o processo de fecundação se torna possível. Agora, o êxtase feminino, ainda é um grande mistério a ser desvendado.

Quando a mulher chega ao orgasmo, os músculos de seu corpo se contraem, seus hormônios são liberados e uma grande sensação de prazer toma conta de todo seu corpo. Mas será que todo esse prazer que o sexo feminino sente não tem um objetivo claro? Alguns cientistas norte-americanos se dedicaram a descobrir qual seria a verdadeira função do clímax feminino, e descobriram que essa sensação tem um papel muito importante para o corpo da mulher.

Publicidade
Publicidade

Qual seria o objetivo?

Dois biólogos que atuam na universidade de Yale, localizada nos Estados Unidos, estudaram o orgasmo e conseguiram chegar a uma conclusão. Para que isso fosse possível, eles analisaram a vida sexual de animais mamíferos, como camelos e coelhos. Conforme o andamento do estudo, eles notaram que a ovulação do sexo feminino acontecia conforme elas recebiam as estimulações sexuais que seu parceiro fornecia.

Quando a mulher começa a sentir prazer, seu clitóris entra imediatamente em contato com seu cérebro, pedindo para que ele libere hormônios, facilitando o processo de ovulação. O mesmo processo acontecia com nossos ancestrais, que precisavam sentir prazer e serem estimuladas para que o processo de ovulação acontecesse de forma natural.

Quando esse processo tem início, a ovulação se torna espontânea, facilitando a reprodução especialmente quando a relação sexual não é algo tão frequente.

Publicidade

Quando a prática sexual se torna frequente na vida da mulher, esse mecanismo de ovulação acaba perdendo sua eficiência, se tornando a ovulação algo não tão frequente no corpo feminino.

Atualmente, o ciclo da ovulação está liberando apenas um óvulo por mês, mesmo que a estimulação seja recebida diariamente. Os estudiosos explicam que o clitóris também passou por mudanças no corpo feminino, se tornando mais exposto, fazendo com que nem todas as relações sexuais fizessem com que a mulher chegasse ao orgasmo com facilidade. Reunindo os fatos, eles concluíram que esse processo acontece para priorizar e estimular a gravidez, tornando a ovulação mais presente quando o orgasmo acontece.

Eles ressaltam que esse assunto não se resume somente na reprodução feminina. O orgasmo ainda é algo que exige um longo estudo para que conclusões mais concretas sejam adquiridas. #Comportamento