Em 2005, a francesa Isabelle Dinoire, 49 anos, mãe de dois filhos, protagonizou a histórica cirurgia de transplante parcial de rosto, executado pela primeira vez naquele ano, depois que ela teve algumas regiões da face desfigurada ao ser atacada pelo cachorro de estimação.

Conforme informações do periódico europeu Daily Mail, de terça-feira (6), após receber um novo nariz, boca e queixo, no inédito transplante realizado num hospital da cidade de Valenciennes (França), ela passou a tomar medicamentos imunossupressores para combater inflamações e uma possível rejeição. Esses fármacos teriam desencadeado o câncer que a matou.

Publicidade
Publicidade

Embora a notícia do falecimento de Isabelle tenha sido divulgada somente nesta terça-feira, por funcionários do hospital onde ela se tratava há 11 anos, sua morte aconteceu meses atrás, no dia 22 de abril. Membros do hospital enfatizam que o óbito da francesa havia sido mantido em sigilo para preservar a intimidade da família de Dinoire.

Complicações médicas

Depois de anos tentando se habituar à nova aparência, o corpo da mulher teria começado a rejeitar o transplante. Em 2015, parte de seus lábios haviam sido retirados após a rejeição.

Segundo o jornal, ela teria desenvolvido dois tipos de câncer, após anos ingerindo drogas para combater a rejeição da pele - considerado o maior órgão do corpo humano.

O médico Bernard Duvauchelle, que liderou a equipe cirúrgica, conta que Isabelle Dinoire recebeu partes do rosto de uma mulher que teve morte cerebral.

Publicidade

Decorridos três anos da inédita cirurgia, Dinoire concedeu a primeira entrevista em 2008. Na época, a mulher se mostrou confusa com relação à nova aparência. "Antes da operação, eu esperava que meu novo rosto se parecesse comigo, mas descobri que depois da operação era metade de mim e metade dela (doadora)”, disse.

Desde o primeiro transplante facial, estreado pela francesa, outros 15 procedimentos já foram efetuados. Contudo, o primeiro transplante completo aconteceu cinco anos mais tarde. Em 2010, um homem baleado na face recebeu um rosto novo, na Espanha. #Mídia #Curiosidades #Medicina