Ter uma relação segura com o seu parceiro é muito importante para sua saúde. Muitas pessoas costumam ter em mente que para se prevenir tanto das doenças como até de uma gravidez indesejada basta apenas se proteger com o uso de preservativo, o que é errado! Nem sempre o preservativo é capaz de proteger totalmente em uma relação. Alguns cuidados devem ser tomados para garantir uma relação segura.

Pensando nisso, a revista norte-americana Cosmopolitan revela cinco formas em que você está desprotegida na relação com seu parceiro. Confira:

1 – Durante a prática oral

É muito comum nessa prática contrair uma DST isso porque, o vírus HPV e herpes estão presentes em nossa saliva e quando passados para a área íntima pode transmitir doenças.

Publicidade
Publicidade

Por isso, mesmo nessa prática é importante ter em mente que o uso de preservativo é essencial para a prevenção.

2 – Contato nos olhos

Os olhos são extremamente sensíveis e os vírus HIV, sífilis e hepatite B e C, podem ser facilmente contraídos através do olho. É importante saber se seu parceiro é saudável, pois caso ele esteja infectado e acidentalmente dispare algo nos seus olhos pode haver risco de contaminação.

3 – Numa relação com o uso de preservativo

Para quem pensa que o fato de usar preservativo a relação se torna totalmente protegida se enganou! Qualquer contato que sua pele tiver com a outra, caso esteja infectada você pode contrair o vírus da HPV. Pequenos ferimentos na virilha por exemplo após uma depilação é um foco para a proliferação do vírus. O risco é bem pequeno, mas vale a pena lembrar.

Publicidade

4 – Risco de gravidez mesmo quando menstruada

Muitas mulheres pensam que quando estão menstruadas é impossível correr o risco de engravidar, mas saiba que você está errada! O período de ovulação pode não coincidir com a menstruação, por isso as chances de uma gravidez nesse período são bem pequenas, porém não é impossível. Mesmo quando menstruada fazer o uso de preservativo é essencial para evitar surpresas.

5 – Engravidar mesmo fazendo uso de anticoncepcionais

Alguns métodos contraceptivos, como a pílula por exemplo, não têm eficácia 100% garantida. Provavelmente você já deve ter escutado alguém falar que engravidou mesmo fazendo uso desse método. Apesar das chances de gravidez serem bem pequenas, eles podem sim falhar. Por isso, é importante além de fazer uso de pílulas usar o preservativo convencional para evitar as doenças ou ainda, uma gravidez indesejada. #Dicas #Comportamento