Para a maioria dos adolescentes, um rosto recheado de espinhas acaba gerando certo constrangimento, ainda mais na hora de aparecer em público, ou durante um relacionamento amoroso. Além do mais ninguém consegue resistir ao simples ato de espremer uma espinha. Mas para o dermatologista Vishal Maden, essa simples prática pode ocasionar sérios problemas de saúde. De acordo com ele, existe um triangulo do perigo que fica localizada entre a boca, olhos e nariz, onde o canto superior da boca é uma região muito sensível do corpo e propensa a complicações.

Em  reportagem do canal BBC 5, o doutor Maden, explicou que esta área do corpo esta ligada ao nosso cérebro e o simples fato de apertar as espinhas pode causar inúmeras infecções, que podem resultar em miopia grave e paralisia cerebral, dependendo do problema poderá levar o paciente a óbito.

Publicidade
Publicidade

Segundo o especialista, caso aconteça uma infecção nesta área, e ela não for tratada rapidamente, a infecção poderá causar trombose, além de coágulos no sangue entre outros.

 A acne é considerada uma das inflamações de pele mais comuns, ela é diagnóstica em 8 de cada 10 adolescentes. Na fase adulta, o problema também pode aparecer devido aos desequilíbrios de hormônios androgênicos. Na ocasião, as glândulas de óleo denominadas de glândulas sebáceas possuem o folículo piloso responsável pela lubrificação da pele. Uma vez que todas as partes do nosso corpo possuem glândulas sebáceas.

De acordo com dermatologistas, muitos acreditam que o problema da acne, surge durante uma falha nas células da pele responsáveis por revestir o folículo sebáceo. Isso explicaria o espessamento da pele além do surgimento de cravos.

Publicidade

Entretanto serão necessários mais estudos para que os pesquisadores encontrem a causa da acne. Segundo especialistas, muitos acreditam que a acne seja uma espécie de saquinho sobre a pele que contém inúmeras bactérias ao apertá-las o paciente, faz com que este material seja espalhado pela pele, fazendo com que o problema torne-se ainda mais grave.

Além disso, as inflamações causadas pela acne podem ocasionar cicatrizes graves que desaparecem quando a acnes se acalmam. Em alguns casos, estas cicatrizes podem tornar-se permanentes. Para que isso não aconteça, o indivíduo deve perder o hábito de apertar as espinhas. Na maioria das vezes, elas acabam desaparecendo depois de uma semana e melhor sem deixar marcas. Caso o paciente possua muitas espinhas deverá procurar pela ajuda de um especialista o qual irá lhe prescrever alguns medicamentos para tratar o problema. #espinha no rosto #Entretenimento #Curiosidades