O trabalho cientifico está, a cada dia mais, contribuindo para com o progresso da humanidade. Pesquisas das mais diversas formas podem vir a descobrir coisas que alteram completamente a rotina, desde facilitar o desempenho funcional das pessoas até a cura e prevenção de doenças.

Com esse intuito, a microbiologista alemã Giulia Enders, juntamente com o médico israelense Dov Sikirov, realizou pesquisas referentes à forma como as pessoas estão defecando e o impacto da posição na #Saúde. O resultado foi impressionante.

"1,2 bilhão de pessoas ao redor do mundo que ficam de cócoras quase não tem incidência de diverticulite e apresentam menos problemas com hemorroidas”, afirma Giulia. 

A diverticulite é causada pela inflamação dos divertículos, que são bolsas muito pequenas, que podem vir a aparecer por todo o intestino, tendo maior caso de incidência no cólon, devido ao grande esforço na defecação. 

A hemorroida - nome popular para a doença hemorroidária - trata-se da dilatação das veias do plexo hemorroidário.

Publicidade
Publicidade

Este plexo se encontra no reto, canal retal e ânus. Quando esta dilatação ocorre é por que a pessoa tem o tecido da região fraco, não permitindo assim a contensão sanguínea, também podendo ser causada pelo excesso de esforço para a eliminação das fezes.

O Estudo

Em 2003, Dov Sikirov conseguiu voluntários para observação na hora de defecar. Foram instruídos a evacuarem das formas pedidas (sentados, de cócoras e de pé ou ao ar livre) e em seguida responderiam a um questionário.

No resultado observou-se que, ao fazer de cócoras (agachados), demorou-se aproximadamente 50 segundos, provocando uma sensação de esvaziamento intestinal por completo. Já ao fazer sentado no vaso sanitário, demorou-se cerca de 130 segundos, alegando-se insatisfação.

Giulia Enders afirma que a anatomia do sistema digestório (ou digestivo) é feita de forma que, ao defecar agachado, uma pressão menor é exercida sobre o cólon e ânus.

Publicidade

Já quando é feito sentado, uma pressão muito maior é aplicada, facilitando assim o aparecimento de sintomas das doenças por ela citadas. #Curiosidades #Medicina