O quadril, sem sombra de dúvidas, é uma das partes do corpo da mulher que chama mais a atenção nos homens. Porém, para elas, o tamanho do quadril pode não ser algo muito agradável quando não se está nas medidas ideais, muitas acabam recorrendo a cirurgias plásticas ou exercícios físicos para elevar a sua auto-estima, seja para aumentar ou diminuir o tamanho do seu quadril. As brasileiras são conhecidas por terem corpos cheios de curvas e quadris avantajados. 

Um recente estudo apresentado pela revista "Archives of Sexual Behavior", destacou que os quadris podem ter relação com a vida sexual da mulher. Veja os motivos:

A Universidade de Leeds, situada no Reino Unido, reuniu cerca de 148 mulheres com idades entre 18 e 26 anos.

Publicidade
Publicidade

As medidas do quadril foram tiradas, além delas terem respondido um questionário sobre sua vida íntima. Algumas das perguntas foram: período em que tiveram a primeira relação sexual, a quantidade de encontros, o número de parceiros no decorrer dos anos etc.

Depois de uma análise dos dados, a pesquisa apresentou que o tamanho do quadril está se relacionado com a quantidade de parceiros que a mulher pode ter ao longo da sua vida.

Mulheres que possuem um quadril mais largo são propensas a ter mais parceiros do que mulheres que possuem quadril mais estreitos. Ainda, segundo a pesquisa, mulheres com quadris mais largos têm mais facilidade em dar à luz, não se preocupam tanto com seu corpo e se sentem mais seguras em se envolver em mais relações sexuais ao longo da sua vida.

As questões apresentadas foram evolutivas no quesito quanto à reprodução da mulher.

Publicidade

A pesquisa foi realizada apenas com 148 mulheres, mesmo tendo um número expressivo e dados comparativos positivos, os dados poderiam mudar quando comparados a fatores sociais, emocionais ou até mesmo, o #Comportamento da mulher naquele período em que foi respondido o questionário.

É importante lembrar que, nem sempre, mulheres que possuem um quadril maior são propensas a ter um número expressivo de relações sexuais.  #sexo #Saúde