A escolha entre o parto normal e a #cesárea dependerá da opinião dos pais e da indicação do médico responsável. O tipo de parto varia em cada caso e em cada gestação. Muitas pessoas imaginam que a cirurgia cesariana é o caminho mais fácil, mas certamente estas pessoas não passaram pelo processo complicado que é esta operação. Foi pensando nisto que esclarecemos aqui três verdades sobre a cesárea. Confira:

Verdades sobre a cesárea

1) Quem opta pela cesárea precisa passar por uma intervenção cirúrgica: Por mais natural que a cesárea seja, ainda sim é uma operação que traz riscos, por menores que estes sejam. Além do mais, nem sempre as mamães podem ter o apoio de alguém próximo durante a cirurgia, o que traz incertezas e inseguranças para a mulher.

Publicidade
Publicidade

2) É necessário aguardar toda a cirurgia para então saber se tudo ocorreu bem: Aí vem a tal da insegurança novamente. Até que o bebê e a mamãe recebam alta, ainda é muito incerto dizer se tudo ocorreu bem. Isto pode causar angústia para as mulheres, além de causar angústia nas pessoas amadas que estão aguardando o bebê e a mamãe em casa.

3) É preciso suportar a recuperação: após o parto normal, logo a mulher está disposta e autorizada para fazer atividades rotineiras e cuidar do recém-nascido. No caso da cesárea, entretanto, a mulher precisa passar por uma série de cuidados e ainda sente a dor do pós-operatório. Após a cirurgia, elas ainda estão com os pontos e precisam manter todo um zelo para que os pontos não abram, não inflamem e não ocorra nada de errado com a mulher.

Além do mais, a cesárea deixa uma cicatriz no local onde foi aberto para a retirada do bebê.

Publicidade

A marca não é tão grande e nem tão profunda, mas é motivo de desconforto para as mulheres que sentem a vaidade prejudicada.

Então, o que podemos concluir? A cesárea não é tão fácil como muitos imaginam. Embora a dor do parto normal seja poupada, o processo de preparo para a operação, o que acontece durante a cirurgia e o pós-operatório são momentos cruciais para que a saúde da mulher e do bebê sem preservadas.

É claro que não há motivos para desmerecer o parto normal. Qualquer mãe é uma guerreira, que tem muita história para contar. #mae.tips #garvidez