Mesmo que a ciência tenha revelado muita coisa sobre a região íntima feminina, é certo que ainda existem muitas incógnitas relacionadas ao enorme prazer que ela consegue causar nas mulheres.

Embora seja símbolo do desejo sexual masculino, é uma grande minoria dos homens que entende alguma coisa sobre o assunto. Conhecer o próprio corpo colabora demais para uma vida sexual mais saudável, tendo isso em mente, confira a lista que preparamos de 7 coisas que você não fazia ideia sobre a vagina.

1. O clitóris possui mais terminações nervosas do que se imaginava

A quantidade de terminações nervosas presentes no clitóris ultrapassa facilmente a quantidade de 8 mil.

Publicidade
Publicidade

Um número bem expressivo, que é inclusive, maior que o número de terminações no órgão sexual masculino. Enquanto temos oito mil para o clitóris, os homens tem apenas quatro mil terminações nervosas em sua zona íntima.

2. Ter hímen não é regra

A maior parte das mulheres acredita que todas possuem um hímen - membrana mucosa. A realidade é que ter essa membrana na zona íntima não faz diferença alguma em sua vida sexual. Então se na sua primeira vez não conseguiu sentiu nada se rompendo, fique sossegada.

3. Lubrificante natural

Sabemos que uma das características do órgão sexual feminino, é naturalmente se lubrificar. E esse lubrificante conhecemos como esqualeno. Curiosamente, o que você não sabia, é que o esqualeno é também o lubrificante natural presente nos tubarões.

4. Sistema auto-limpante

A vagina contém um mecanismo natural de limpeza graças a lubrificação e a flora bacteriana da região.

Publicidade

Por esse motivo não é recomendado duchas vaginais. Elas podem afetar e causar um desequilíbrio em todo o sistema auto-limpante, resultando no mau cheiro do órgão.

5. A origem da palavra

O termo médico que usamos para definir o órgão sexual das mulheres, 'vagina', é proveniente do latim e pode significar 'bainha'. Sim, aquela peça que os cavaleiros costumavam usar para prender a espada ao cinturão.

6. Ficar sentada por muito tempo pode ser prejudicial

Quando você fica sentada por muito tempo, além das dores nas costas, o ato pode ser prejudicial a sua zona íntima. Isso porque quando você se senta, o fluxo de ar que transita pela região diminui, podendo proliferar certas bactérias.

7. Manutenção

A ferramenta que os ginecologistas utilizam para examinar a vagina, é conhecida por espéculo e é milenar. O uso dela data de 1300 AC. #sexo #Curiosidades