Ganhar músculos requer disciplina e força de vontade, além de determinação para mudar alguns hábitos: a alimentação, pois é a base de todo processo, e o tempo de sono juntamente com o seu treino.

Quando abordamos o tema "alimentos para ganhar massa muscular", ou vemos muitas pessoas com dúvidas, se perguntando por que não estão tendo resultado, a resposta é simples e direta: a sua alimentação não está boa o suficiente.

Para você obter bons resultados é preciso ter em mente que não adianta um bom treino e ir à academia todos os dias se não pensar no que come, pois o ganho de massa é 99% alimentação e 1% treino.

Uma dieta boa para ganho de massa muscular é rica em proteínas, carboidratos, fibras e vitaminas.

Publicidade
Publicidade

Uma dica muito boa é consumir alimentos que aumentem seu nível de testosterona. O sonho de ter o corpo "trincado" não é possível somente com treino pesado (claro que é importante), é também pelas coisas com as quais você se alimenta durante o dia.

Primeiro passo para o aumento de massa muscular

Tenha em vista que uma dieta é importantíssima, mas nem sempre você precisa segui-la à risca. Você pode mudar os alimentos, pode fazer combinações, fazer algumas receitas diferentes e incrementar sabores.

Não se prenda a uma dieta que você não irá conseguir fazer, pois é melhor mudar hábitos e comer de modo que seu ganho de massa nunca acabe.

Você sabe em que momento você ganha massa muscular?

Sua massa muscular é aumentada na hora do sono. Sim, isso mesmo. Você pode comer bem e treinar bem, mas se não tiver uma boa noite de sono, vai comer e treinar à toa, ou seja, jogará dinheiro e tempo no lixo.

Publicidade

Top 9 alimentos para ganhar músculos

Água - A falta desse componente precioso é prejudicial para quem quer ganhar músculos (até para quem não quer), pois quanto mais hidratado você for, mais rápido irá obter resultados. Com 3% de desidratação do seu músculo, você perde 10% de força e 8% de velocidade, ou seja, vai cansar muito rápido.

Batata doce - É um aliado muito importante para os praticantes de musculação. Ela tem um índice glicêmico baixo fazendo que o pique para o treino seja mais demorado. Se comer algo com alto índice glicêmico, o organismo vai consumir rápido e você perderá seu pique com facilidade.

Ovo - Provavelmente você já come ovo, pois bem, então continue. O ovo "acelera" o processo de aumento dos músculos, e sem ele você vai demorar mais para ganhar massa. Ele possui vitamina B12 que auxilia na contração dos músculos e na diminuição dos níveis de gordura no corpo.

Feijão e outros legumes - Consumir pelo menos uma porção de feijão no dia ou de outras leguminosas é muito importante para quem treina e quem não treina.

Publicidade

O feijão tem um aminoácido chamado de "lisina" que previne cáries, câncer, algumas doenças degenerativas e diabetes, e além disso ajuda a controlar o peso.

Salmão - O salmão é rico em proteínas, ômega 3, e gordura boa. Ele produz hormônios que auxiliam no processo de ganho de massa muscular. Além disso, o ômega 3 combate doenças do coração e degenerativas.

Azeite de oliva - Carregado em gorduras monoinsaturadas (ômega-9) e polinsaturadas, o azeite diminui os níveis de TNF-alfa (age contra inflamações) que é uma proteína ligado ao enfraquecimento e desgaste dos músculos.

Café - Melhora o desempenho, a concentração e a disposição. Ele é muito importante, pois auxilia nas repetições dos exercícios, e estudos afirmam que tomando café entre 30 minutos e 60 minutos antes de treinar, você consegue fazer mais repetições.

Amêndoas - As amêndoas possuem altos níveis de vitamina E, responsável por combater "radicais livres" que são produzidos quando fazemos exercícios pesados. Quanto menos desses radicais, mais nossos músculos irão #Crescer.

Iogurte – Para um pós-treino, o iogurte pode ser muito útil pelo fato de possuir proteínas e carboidratos que acabam ajudando a você se recompor. #Emagrecimento