O cheiro do corpo feminino pode virar um ótimo afrodisíaco natural, se tornando altamente sedutor para o seu parceiro. Mas se a mulher apresentar um cheiro desagradável, isso é visto como um mau odor corporal, o que pode afetar drasticamente a sua vida sexual.

Cuidar da higiene íntima antes e depois do amor é essencial para garantir uma vida sexual agradável, prazerosa e feliz. Quando não realizamos uma higiene adequada, podemos apresentar inúmeros problemas de saúde, começando por uma simples infecção e se tornando uma doença ainda mais grave. A revista americana Women’s Health buscou informações com a ginecologista Leslie Page, descobrindo quais seriam os perigos de não realizar a higiene íntima depois do ato sexual.

Publicidade
Publicidade

Veja o que a médica revela sobre o assunto:

Usar lenços umedecidos

Muitas mulheres acham que o uso de lenços umedecidos pode colaborar com a saúde íntima, mas estão enganadas. Esse produto pode ser considerado um dos vilões da região íntima da mulher, podendo causar fortes irritações e alergias. Isso acontece graças a sua composição que carrega perfumes, óleos, glicerina e álcool, assim como os sabonetes íntimos. A ginecologista aconselha o uso do tradicional papel higiênico umedecido em um pouco de água morna, isso já basta para que a sua região íntima esteja limpa e protegida.

O uso do sabonete

Lavar a região genital logo depois do ato é o que costumamos fazer, porém a ginecologista Leslie avisa que esse costume pode ser totalmente prejudicial. “Utilizar sabonete logo depois de ter a relação sexual é totalmente desnecessário e ainda pode causar o ressecamento da área feminina”.

Publicidade

Ela explica que isso acontece porque o sabonete tem muitos componentes químicos em sua fórmula e com isso, a mucosa e pele delicada da região pode apresentar uma reação alérgica ao produto usado diariamente.

“O órgão íntimo feminino é autolimpante e precisa receber inúmeros cuidados”, diz ela. “Se você sabe que algo vai prejudicar o seu organismo, certamente evita comê-lo, o mesmo deve ser feito com o seu órgão genital feminino”. Por isso, evite qualquer produto químico. Para manter a saúde em dia, use apenas água morna, isso já basta.

Dormir de calcinha

Se você deseja apimentar a noite a dois, e por isso resolveu investir em um lingerie mais sedutor, o certo é tirá-la logo depois que o ato for finalizado. A ginecologista explica que: “mesmo que tenha comprado um lingerie especial, para esquentar a noite com seu amor, o ideal é retira-la depois do amor, as partes íntimas podem ficar quentes e úmidas graças às secreções que são liberadas durante o amor e também a transpiração em excesso”.

Publicidade

As calcinhas sintéticas impedem que a sua pele respire, oferecendo o risco de apresentar uma infecção causada por fungos, principalmente se você dormir com esse tipo de lingerie.

Não fazer xixi

Isso pode parecer algo totalmente inofensivo, porém pode afetar drasticamente a saúde feminina. Quando você acaba de praticar o ato sexual, algumas bactérias podem se hospedar no seu canal vaginal, fazendo com que uma infecção urinaria apareça. Por isso é extremamente importante fazer xixi depois do ato. A ginecologista conta que isso não precisa ser feito logo de imediato, “Você pode ficar tranquila, não precisa ser logo depois que você faz amor com seu parceiro, fique alguns minutinhos curtindo o seu amado. Você tem aproximadamente uma hora para fazer isso, depois desse tempo você pode prejudicar a sua saúde, caso não esvazie sua bexiga”, revela a ginecologista. #Comportamento